PUCPR garante aprendizagem mesmo em período de pandemia

Universidade conseguiu atender rapidamente à exigência de isolamento social por meio das aulas remotas

CV Folha
CV Folha

Uma das principais medidas de prevenção contra a propagação da Covid-19, o isolamento social fez com que muitas atividades cotidianas precisassem ser adaptadas. Dentre elas está o ensino. No “novo normal”, aulas remotas passaram a abranger muito mais estudantes do que aqueles que já haviam optado anteriormente pela modalidade EaD. Nesse cenário, a Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR) tem se destacado por conseguir manter a qualidade de ensino, característica da instituição nos seus mais de 60 anos de história, com as aulas 100% online, além de cumprir o calendário curricular previsto para o ano letivo de 2020.


.
. | Divulgação
 


Prova disso é a aceitação massiva por parte dos estudantes da Universidade quanto à alternativa encontrada para este período de pandemia. Pesquisa realizada com os corpos docente e discente da PUCPR apontou índices positivos de satisfação a respeito da solução. A nota média atribuída pelos respondentes do levantamento, que poderia ser de 1 a 5, foi de 3,58, equivalente a 71% de aprovação. Participaram da pesquisa 16.668 estudantes e 1.072 professores.




“A PUCPR acredita muito em blended learning, o ensino híbrido. A partir de uma definição clara de competências a serem desenvolvidas por determinado curso, seu projeto pedagógico pode prever estratégias incluindo entregas presenciais e entregas remotas, sempre explorando o que cada estratégia pode oferecer de melhor”, afirma Vidal Martins, vice-reitor da Universidade.


Martins também destaca que a Universidade migrou do formato presencial para o remoto em três dias logo no início do isolamento social, graças ao preparo do corpo docente, que já utilizava técnicas de metodologias ativas e aprendizagem por competências desde 2017. Com isso, a formação dos estudantes está garantida durante a pandemia.


As aulas dos cursos de graduação e pós-graduação são ministradas em plataforma virtual, o Blackboard, com interações online e ao vivo dos professores nos mesmos horários da grade presencial. O suporte já era utilizado pela PUCPR desde 2015 como complemento ao ensino presencial, o que também ajudou a instituição a dar uma resposta rápida aos estudantes assim que a crise do coronavírus começou. Por já serem familiarizados com as plataformas, os alunos da PUCPR não tiveram problemas de adaptação.




“Conseguimos responder rapidamente à situação excepcional em que nos encontramos, mas mais importante ainda: nossos professores mantiveram a qualidade de ensino de sempre, tão característica da PUCPR. A ampla aprovação dos estudantes é um indicativo de que estamos no caminho certo”, afirma Nadina Moreno, Diretora da PUCPR Londrina.

Tudo sobre:

Últimas notícias

Continue lendo