|
  • Bitcoin 103.142
  • Dólar 5,3317
  • Euro 5,5605
Londrina

CV Folha

m de leitura Atualizado em 26/11/2021, 10:35

Carta de Apresentação – Saiba quando é necessária e como fazer uma

PUBLICAÇÃO
sexta-feira, 26 de novembro de 2021

CV Folha
AUTOR autor do artigo

Foto: Divulgação
menu flutuante
Imagem ilustrativa da imagem Carta de Apresentação – Saiba quando é necessária e como fazer uma Imagem ilustrativa da imagem Carta de Apresentação – Saiba quando é necessária e como fazer uma
|  Foto: Divulgação
 

Com o crescente número de desempregados no Brasil e os processos de recrutamento cada mais vez mais criteriosos, faz-se necessário um diferencial que chame a atenção do empregador e te deixe à frente de outros candidatos na busca da vaga. E uma boa ferramenta para te ajudar nesse momento é a carta de apresentação, que te ajuda a se apresentar melhor e, consequentemente, melhora as suas chances. 

Mas, como muitas pessoas ainda têm dúvidas a respeito, vamos então entender melhor como e quando usar a carta de apresentação.

O que é a carta de apresentação 

Esse documento nada mais é que um complemento para o seu currículo, ela não deve substituir o seu CV, mas sim complementa-lo. Ela será a primeira impressão que você vai deixar para o recrutador da empresa que você está se candidatando, então é importante que seja bem elaborada. Além disso, a carta de apresentação também deve ser o mais suscinta possível e nela deve ter destaque as suas qualidades profissionais e também pessoais, para conseguir captar a atenção do empregador, claro. 

Quando se faz necessária a carta de apresentação 

Como dito anteriormente, esse documento é um complemento a mais ao seu currículo, então, ela deve ser enviada nas seguintes situações: 

Por exigência da empresa – em alguns casos certas empresas já colocam na vaga a exigência desse documento, então nesse caso é imprescindível que você mande a carta de apresentação junto ao seu CV. 

De forma espontânea – mesmo a empresa não pedindo você pode também decidir enviar o documento para tentar aumentar as chances da tão sonhada vaga. Essa recomendação é bastante válida para quem envia o currículo por email, pois assim o recrutador já consegue te conhecer um pouco mais. 

Estrutura da carta de apresentação 

Apesar de ser um documento breve e suscinto, existem alguns pontos que não podem ser esquecidos na hora de produzir o seu documento. São eles: 

Parágrafo de apresentação – No primeiro parágrafo você deve, claro, se apresentar. Escreva suscintamente sua apresentação e o motivo pelo qual está se candidatando à vaga em questão. Não esqueça de se basear na sua experiência profissional para justificar a sua capacidade de desenvolver a função. 

Segundo parágrafo – Dito essa primeira parte, transcorra então mais sobre você como os cursos e diferenciais da sua carreira, idiomas que você domina e que possam vir a ser relevantes para o cargo. E, no caso de alguém ter te indicado para a vaga, cite também o nome dessa pessoa. 

Demais parágrafos – Antes de finalizar a sua carta de apresentação escreva mais sobre suas vivências relevantes profissionalmente. Nessa parte entram viagens feitas à trabalho, participações em congressos e seminários, projetos sociais dos quais participe ou já tenha participado, programas de voluntariado, etc. 

Fechamento – Já no fechamento do documento agradeça sempre pela oportunidade de se candidatar à vaga e reforce que está disponível para o cargo e também para sanar quaisquer dúvidas que possam surgir. 

• Assinatura – Por fim, mas não menos importante, finalize a carta de apresentação com seu nome completo e os seus dados para contato, como número de telefone, e-mail e também as redes sociais, caso opte por coloca-las.

E agora que você já sabe como se destacar na próxima candidatura a emprego, através da carta de apresentação, não perca a oportunidade de sair à frente dos outros candidatos e levar a sonhada vaga de emprego.