Quem é o responsável por você estar como está?


         

 

Quem é o responsável por você estar como está?
 

Vamos direto ao ponto: quem é o responsável pela maneira que você está agora? Pela forma que você vive a vida? Muitas pessoas vão rapidamente responder que suas vidas estão como estão devido aos seus genes, ao seu pai, à sua mãe, ao marido, esposa, aos filhos, à sogra, a Deus, ao chefe, etc. Quero dizer que com muita prontidão as pessoas acabam por arrumar alguém para colocar toda a responsabilidade pelo o que se passa em suas vidas. Culpar alguém ou algo de fora virou um esporte no qual as pessoas se especializaram muito bem. Chega até mesmo a ser prazeroso para muita gente viver desse jeito.


          A verdade é que a qualidade de vida que levamos é determinada por nossa capacidade de responder bem aos acontecimentos que vamos encontrando no caminho. Se desenvolvemos uma capacidade de lidar com os eventos da vida de forma inteligente e competente vamos usufruir de uma qualidade de vida mais digna e prazerosa. Se for o contrário, se não desenvolvemos uma capacidade de responder bem à vida vamos sempre ficar presos às circunstâncias, vamos sempre ficar à mercê do que se encontra fora de nós.


          É muito comum encontrar pessoas que estão sempre querendo melhorar o mundo externo. Querem fazer com que o mundo seja um lugar melhor, mais justo, mais equilibrado. Vou dizer algo que vai soar estranho a muita gente, mas isso é uma bela perda de tempo, um desperdício de energia.


          Isso é uma perda de tempo porque quando queremos mudar lá fora estamos nos voltando para aquilo que está no exterior. Por dentro continua tudo como está. Então como isso mudaria algo? Se nossa qualidade de vida depende de como respondemos à vida a mudança precisa ser interna e não externa. Não dá para querer que a vida seja um mar de rosas tranquilo para assim vivermos bem. Não dá para colocar essa condição.


          Para alcançarmos um certo bem-estar não é o mundo que precisa ser consertado, mas sim nós mesmos! Nós é que estamos doentes e o mundo apenas reflete a doença que vivemos interna e diariamente. Contudo, parece difícil as pessoas perceberem isso. Muita gente nega que está doente e joga a doença lá fora: nos outros, no mundo. Está na hora de sermos mais responsáveis.


          Responsabilidade não é uma questão moral, algo que precisamos encarar com peso, mas significa a maneira como respondemos à vida. E essa resposta precisa ser consciente, ou seja, precisamos escolher/decidir como vamos responder. Estamos sempre respondendo à vida, quer notemos ou não, mas na maior parte das vezes as respostas que damos são inconscientes, não nos damos conta delas e, por isso mesmo, achamos que as coisas acontecem independentemente de nós mesmos. Agora, se podemos nos tornar mais conscientes, mais responsáveis, podemos escolher como vamos responder. Podemos escolher ser mais eficientes em como vivemos. Esta consciência é a verdadeira iluminação e que está ao nosso dispor se trabalharmos para tanto. Responsabilidade é o que nos oferece a verdadeira liberdade. Você se torna livre para ser quem de fato você pode vir a ser.


Como você avalia o conteúdo que acabou ler?

Pouco satisfeito
Satisfeito
Muito satisfeito

Últimas notícias

Continue lendo