O menino que caiu do cavalo

A incrível história de superação do Dr. Antônio Luiz de Vasconcellos Macedo, um dos maiores cirurgiões do país

O menino que caiu do cavalo
iStock
 



Desde pequeno, Antônio sonhava em ser médico. No entanto, aos 12 anos de idade, um acontecimento inesperado em sua vida quase pôs tudo a perder. Durante um passeio no campo, o menino caiu do cavalo e sofreu um sério traumatismo.


Com o lado direito do rosto paralisado, Antônio foi levado às pressas para um hospital em São Paulo e atendido por um médico neurologista, professor da universidade. O diagnóstico era duro: além de ficar com o rosto retorcido, Antônio provavelmente teria problemas de visão pelo resto da vida.




Naquele momento, Antônio resolveu confessar ao neurologista:


— Doutor, eu gostaria de ser cirurgião. Quero ajudar as pessoas.


— Desculpe, garoto, mas eu o aconselho a buscar outra profissão. Com essa paralisia, você nunca vai conseguir ser médico, muito menos cirurgião.


Foi um comentário devastador. Antônio voltou para casa abaladíssimo, sem forças para nada. Logo depois de receber alta, o menino estava diante do espelho, olhando para o próprio rosto, em profunda tristeza. O avô se aproximou:


— Por que tão triste, meu neto?


Antônio então lhe contou sobre a fala do médico. O avô o repreendeu:


— Esse homem pode ser professor de medicina, mas não é professor de vida. Você vai ser cirurgião, sim senhor!


*******

Anos depois, o Dr. Antônio Luiz de Vasconcellos Macedo, que tinha acabado de se formar, realizou uma cirurgia de emergência para retirada da vesícula em um paciente idoso. Era dia de Natal.


Depois da cirurgia, o paciente idoso perguntou ao jovem médico:


— Garoto, o que aconteceu com o seu rosto?


O paciente era o professor de neurologia que havia desaconselhado Antônio a seguir carreira na medicina. Depois de ouvir a história, o velho médico chorou como uma criança na cama do hospital.


********


Com 40 anos de carreira, Dr. Antônio Macedo é um dos maiores cirurgiões do Brasil. No Hospital Albert Einstein, a ala em que ele trabalha é conhecida como “Macedônia”, tamanho é o respeito que colegas e pacientes lhe devotam. Presidente do Comitê de Cirurgia Robótica da Associação Paulista de Medicina, membro fundador da Clinical Robotic Surgery Association, membro da Society for Robotic Surgery, membro da CSRA Faculty, presidente do Conselho de Oncologia do Hospital Israelita Albert Einstein, membro do Colégio Brasileiro de Cirurgiões, membro do Colégio Internacional de Cirurgiões, Dr. Antônio faz em média cinco cirurgias diárias e já aliviou o sofrimento de milhares de pessoas — entre elas, o presidente Jair Bolsonaro.


Naquele distante dia de 1964, foi um menino que montou no cavalo — mas foi um homem que abriu os olhos em seguida.


Continue lendo


Últimas notícias