Talvez você seja um dos passageiros que processam alguma empresa aérea


Talvez você seja um dos passageiros que processam alguma empresa aérea  

== O Ministro do Turismo, Gilson Machado Neto, que toca sanfona muito bem, disse ontem que tem oito (8) milhões de dólares para atrair o pessoal estrangeiro ao nosso país para visitar as praias brasileiras e o Brasil todo. Do Paraná, foi citada apenas Foz do Iguaçu como atração turística. Gente: enquanto houver as Cataratas, Foz do Iguaçu e as cidades paraguaias e argentinas não terão problemas de movimentar seus comércios. É só a pandemia passar que os brasileiros estão doidinhos para ir às compras. 


== Disse o ministro Gilson que muitos europeus desejam vir à Amazônia para pescar tucunarés e os peixes gigantes das águas doces daqui, que são os maiores do planeta. Londrinenses costumam pescar por lá e obter pleno sucesso, pois são craques nos anzóis. 


== O Ministro do Turismo, que ainda não veio ao Paraná, e talvez não tenha sido convidado (o secretário de Turismo do Paraná precisa mostrar seu trabalho), lamenta que 92 (noventa e dois) por cento das ações contra as companhias aéreas do mundo acontecem aqui no Brasil. São dados do IPEA, ministérios da Justiça e do Turismo. Aqui entre nós: sinal de que os passageiros brasileiros não são bem tratados pelas empresas nacionais e internacionais de aviação. Nenhuma pessoa ingressa com ação na Justiça sem que tenha sido ofendida de alguma maneira.  


== Viajar de avião está cada vez mais difícil. Deve ser por isso que pilotos e comissárias de bordo, por exemplo, perderam empregos aqui em nosso país. Dessa maneira, um setor que sofre muito com a redução de voos e custos altos da aviação comercial: o de eventos, tanto no Paraná como no Brasil inteiro. Com a privatização (venda mesmo) do Aeroporto José Richa, de Londrina, quem sabe quando você perder alguma mala que não estava no voo vão encontrá-la rapidamente e devolvê-la com pedido de "desculpa a nossa falha...".  


= O ministro Gilson afirmou ainda que 80% dos brasileiros que conseguem sair de férias vão para o litoral do país. Ele sugere que o pessoal passe a conhecer mais rios amazônicos, onde poderão passear de barco, pescar e nada destruir. Aqui entre nós: também não entrar na mata fechada para não ser engolido por alguma sucuri.  


****

 

Talvez você seja um dos passageiros que processam alguma empresa aérea
Divulgação
 

EM DEFESA DAS MULHERES 

A Associação Nós do Poder Rosa realizou na segunda (5) a reunião mensal da diretoria para deliberar e regulamentar decisões conjuntas da entidade. Estiveram presentes Neli Camargo, Michelly Landgraf, Felicia Watanabe e Érica Chagas de forma presencial (foto) e pela plataforma digital Maria Aparecida Prandini, Simone Arruda e Laís Arruda. Há 13 anos, a ANDPR trabalha em defesa das mulheres vítimas de violência doméstica e seus núcleos familiares. 


****

 

Talvez você seja um dos passageiros que processam alguma empresa aérea
Divulgação
 

Do engenheiro sobre a mãe e o pai  

Do engenheiro sobre a mãe e o pai  = O engenheiro civil londrinense Nilton Capucho fala sobre seu pai e sua mãe à Coluna. "Meu pai, Everaldo Alves Capucho, atualmente com 91 anos completos, radicou-se em companhia de meus avós na periferia da zona rural de Londrina em agosto de 1934 (86 anos de pioneirismo). Casou-se com minha mãe, Vany de Oliveira Capucho, atualmente com 86 anos, em 5 de abril de 1953 (68 anos de casados). Tiveram 4 filhos nesta cidade, todos casados e com diplomas universitários. A família é completada com mais 8 netos e 2 bisnetos.Meu pai formou-se Contador pelo Ginásio Londrinense, exerceu profissionalmente as atividades de lavrador, contador, professor e comerciante. Após aposentar-se, há mais de 25 anos, dedicou-se à apicultura por hobby, chegando a publicar em 2012 o livro 'O Fantástico Reino das Abelhas'. Minha mãe formou-se professora em 1955 pela Escola Normal Secundária de Londrina (hoje IEEL) e exerceu a carreia de docência por 45 anos, como professora e diretora. São ótimos para todos nós e os amigos". Parabéns e aquele abraço. 


****

 

Talvez você seja um dos passageiros que processam alguma empresa aérea
Divulgação
 

A LINGUAGEM DOS GESTOS EM ALMOÇO NA ALEMANHA 

= O casal Antonio Carlos e Edina Panichi esteve, em uma ocasião, na universidade Martin-Luther, em Halle, na Alemanha. Eles narram que foram almoçar num restaurante próximo à universidade. “Percebemos que o cardápio estava em alemão e não havia fotos dos pratos ou opção de cardápios em inglês, como costuma acontecer em  outros lugares que visitamos no mundo. Tentamos nos entender com o garçom, em inglês, mas não houve acordo. O rapaz, solícito e muito atencioso, não tinha a menor intenção de nos deixar passar fome e tentou de todas as formas nos fazer entender cada prato apontado. No primeiro, ele fez um gesto com as mãos, indicando um movimento sinuoso, na horizontal, que pudemos traduzir como 'peixe'. No segundo prato, ele colocou os dois dedos indicadores na testa e fez um movimento de impulso para a frente, o que nos fez entender tratar-se de 'carne bovina'. No próximo prato já não estávamos mais nos contendo!! Ele botou a mão na cintura e bateu as asas nos fazendo entender que se tratava de 'frango'!! No último movimento todos estouramos de rir, inclusive o próprio atendente, quando ele começou a grunhir querendo nos fazer entender que se tratava de carne de 'porco'. Não havia mais o que explicar!! Neste instante, um outro casal que também estava participando do Congresso e estava almoçando no restaurante, veio em nosso socorro e nos indicou um prato típico que eles já haviam experimentado e que poderia nos satisfazer. Aceitamos a sugestão e assim resolvemos o problema, nosso e do garçom!! Comemos  bem e não deixamos de agradecer e reconhecer, na saída, a enorme solicitude do profissional dedicado  que nos atendeu”, contam. Na foto, o casal no Portal de Brandenburgo, durante a viagem a Alemanha.  


****

 

Talvez você seja um dos passageiros que processam alguma empresa aérea
Divulgação
 

O MAIS RÁPIDO POSSÍVEL 

O deputado estadual Tercilio Turini pediu à direção do DER para agilizar a análise sobre os ajustes no projeto do viaduto da PUC, em Londrina, visando abrir o mais rápido possível a licitação da obra. A Prefeitura enviou um projeto atualizado em 2020, atendendo solicitação do DER, que tem de dar parecer da sua equipe técnica. É uma obra fundamental que visa a transposição de um trecho urbano da BR-369 num local de grande movimento diário. A construção do viaduto garantirá segurança a moradores de  bairros da região oeste de Londrina, à comunidade universitária da PUC e também a quem trafega pela Avenida Tiradentes. “Essa obra já devia estar pronta, mas diversos problemas no passado impediram o seu início. Existe um compromisso do governo estadual em fazer o viaduto. O governador está empenhado em atender essa demanda”, afirmou o deputado Turini. Em reunião  com o diretor-presidente do DER, Fernando Furiatti (foto), ficou definido que a equipe do órgão vai priorizar a análise sobre o viaduto.  


 ****

Las Vegas: 30 bilhões de dólares para investir em cassinos no Brasil 

==  De olho vivo no projeto do senador Irajá Silveira Filho, do Tocantins, proprietários de cassinos em Las Vegas já adiantaram que o grupo todo tem 30 bilhões de dólares para investimentos iniciais no Brasil, a partir do momento em que foram criados tais estabelecimentos de jogos e diversões no país. O projeto de Irajá é quase idêntico ao dos Estados Unidos sobre os cassinos. Como se sabe, quem decidirá a respeito será o Congresso Nacional (Senado e Câmara), mas é um desejo da hotelaria e dos resorts nacionais que sejam aprovados. Várias cidades que estão com resorts são candidatas a sediar um cassino. O Paraná merece um ou dois cassinos, pois é estado de fronteira, e poderia atrair turistas focados nesse área de diversões. Uma das exigências é que haja resorts interessados, e também que o projeto premie algumas cidades grandes como São Paulo e Rio de Janeiro.

== O projeto poderá esbarrar nos protestos das Igrejas, que são contra a instalação dos cassinos. A bancada evangélica é contra. Entre os católicos, nada foi revelado. Mas vamos relembrar que o Brasil já teve cassinos e que foram proibidos de funcionar pelo  presidente general Eurico Gaspar Dutra, a pedido de sua esposa, que recebeu a solicitação do arcebispo do Rio de Janeiro nos anos 50. 

Naquela época, o ator Grande Otelo fazia sucesso em palcos dos cassinos do Rio.      

Um ex-diretor do Quitandinha Palace Hotel, daquela época, reside em Londrina há anos.  

Trata-se de empresário muto amigo e estimado na cidade. 


****

Despedidas a Edson Diniz  

Do leitor Leandro Diniz recebemos: "É com tristeza que informamos o falecimento de Edson Diniz. O velório ocorreu na capela da Acesf, e o sepultamento, no Cemitério São Pedro. Deixa esposa Marta dos Santos e os filhos Andrea, Leandro, Vinicius, Lívia e Luiza Diniz. Edson Diniz, que eu não via há tempos, veio para Londrina com seu irmão Osvaldo Diniz da cidade de Paraguassu Paulista, músicos e cantores, e criaram um programa para jovens pela TV Coroados, que era ao vivo, aos sábados à tarde. A esposa de Edson, Marta dos Santos, foi garota propaganda de programas do mesmo Canal 3. Que Deus o tenha e dê muita paz para sua família.    


****

Futuro na Mato Grosso 

=== Vão constatar no futuro: o edifício que a Quadra, de Luís Carlos Pires, constrói na rua Mato Grosso, nas proximidades da Santa Casa, será um grande centro de consultórios médicos e de outros profissionais de saúde.  Clientes de Londrina e cidades da região terão muita facilidade de acesso e estacionamento. Foi o que me disseram observadores da obra, gente que gosta dever a cidade crescer, progredir.  


****

Repaginando 

++ Nesta quinta (8), a rede Max Atacadista fará a reinauguração da loja da Avenida Brasil, no bairro São Cristóvão, em Cascavel. Totalmente reformulada, da arquitetura à disposição dos setores e produtos, a loja propõe mais comodidade, praticidade e conforto para as compras do atacarejo. São mais de 6 mil m² de área construída, com lojas e estacionamento próprio. Segundo a direção da empresa, não se trata de uma “repaginação”, mas, sim, de uma reforma expressiva para valorizar a experiência de compras com uma “nova cara” para setores como frutas, legumes e verduras, frios, balcões de açougue, dentre outros. “Agora, estamos propondo um espaço mais moderno, otimizado, com destaque para a grande variedade de mix de produtos: mais de 12 mil itens!”, convida Ederson,  o diretor.


****

LOUCURA CARIOCA: No ano que passou (2020) foram registrados no Rio de Janeiro 469 estupros femininos. A pesquisa feita revelou que foi um estupro a cada 90 minutos! 


**** 

Alô, Foz! Alô, gente boa! 

++ A Coluna tentou falar ontem, pelo telefone ,com o prefeito Chico Brasileiro, de Foz do Iguaçu, mas não conseguiu. A pandemia está deixando prefeitos muito atarefados, pra lá de preocupados. Foi logo após o almoço, e com a secretária também não conseguimos fazer contato. Queríamos saber (e ainda queremos) sobre o que ele pensa a respeito do projeto do senador Irajá em relação aos cassinos, e se Foz já tem algum deputado federal ou senador tratando da candidatura de sua cidade. Outa coisa: se é verdade que a nova Ponte da Amizade (ainda sem nome) será mesmo inaugurada dias antes do próximo Natal.    


****

== Há muito tempo passado, a gauchada só falava em costela assada e gostava de um bom churrasco e tomar chimarrão. E respeitava as mulheres. De uns anos para cá, o Rio Grande do Sul vem registrando muitos assassinatos e estupros e agressões a mulheres. Ainda ontem, violentaram e mataram uma garota, cujo sonho, contou a família, era tocar flauta em uma orquestra. Em Porto Alegre, mulheres cobram maior ação dos policiais.  

 



 

Como você avalia o conteúdo que acabou ler?

Pouco satisfeito
Satisfeito
Muito satisfeito

Últimas notícias

Continue lendo