|
  • Bitcoin 105.728
  • Dólar 5,2464
  • Euro 5,4901
Londrina

Oswaldo Militão - Social

m de leitura Atualizado em 24/05/2022, 18:04

Os exemplos da empresa Tamarana Tecnologia e Soluções Ambientais

A convite do Fórum Desenvolve Londrina, representantes da empresa apresentaram a experiência exitosa praticada pela iniciativa privada

PUBLICAÇÃO
quarta-feira, 25 de maio de 2022

Oswaldo Militão
AUTOR autor do artigo

Foto: Divulgação
menu flutuante

Na última quinta-feira, proveitosas palestras no Fórum Desenvolve Londrina foram ministradas por   Maurício Chiesa Carvalho, Gerente de RH e Responsabilidade Social, e Cláudia Mara Decol, assistente administrativa e de Projetos Sociais, ambos da Tamarana Tecnologia e Soluções Ambientais, da cidade de Tamarana. A convite do Fórum apresentaram experiência exitosa praticada por uma empresa privada. Modelo que pode ser aplicado em qualquer cidade, uma contribuição importante do setor privado para a comunidade. O Fórum está trabalhando o tema “Emprego e renda em territórios vulneráveis de Londrina”. A apresentação do Projeto Desenvolve Tamarana mostrou como as empresas e instituições podem contribuir para o desenvolvimento do seu entorno. No caso de Tamarana, o objetivo foi a melhoria do IDH. Depois de um estudo, a empresa entendeu que o caminho seria promover a profissionalização das pessoas para melhorar a renda, ao mesmo tempo que melhorava a educação delas. Foram mostrados exemplos de formação profissional ligado a área rural, como o de um casqueador de animais, uma necessidade no campo com uma boa remuneração.  Também mostraram exemplos de mulheres que agora têm profissão graças as técnicas fornecidas por entidades como Senai, Sebrae, Senar, Sesi. Parabéns ao Fórum e  a empresa Tamarana Tecnologia. Na foto, o presidente do Fórum Leandro Magalhães, Maurício Chiesa Carvalho, Cláudia Mara Decol e o empresário Ary Sudan. 

Imagem ilustrativa da imagem Os exemplos da empresa Tamarana Tecnologia e Soluções Ambientais Imagem ilustrativa da imagem Os exemplos da empresa Tamarana Tecnologia e Soluções Ambientais
|  Foto: Divulgação
 

SINFÔNICA DO PARANÁ EM LONDRINA FARÁ APRESENTAÇÕES DIAS 27 E 28 

 Cumprindo agenda pelo Estado, a Orquestra Sinfônica do Paraná - OSP- apresentará um belo programa em Londrina. Nesta sexta (dia 27) na Concha Acústica, às 19h, clássicos sertanejos em versão orquestrada. Um repertório de variadas composições nacionais. No dia 28, sábado, às 20h30, no Cine Teatro Ouro Verde, a apresentação de um programa erudito, sob a regência do maestro Carlos Prazeres. Nesta data, a Sinfônica do Paraná completa  37 anos de existência.  Foi criada em 1985 pelo Governador José Richa. Diretores e equipe técnica do Teatro Guaíra vem a Londrina para os suportes necessários. 

ROGÉRIO CENI REPETE FALHA: SEMPRE QUER SER O PROTAGONISTA 

Nota 7 para o time do Corinthians no jogo com o São Paulo, que recebeu nota 8. O goleiro corintiano Cássio ficou com nota dez. Ele empatou o jogo para o Corinthians.  Parte da torcida do alvinegro errou ao cantar letras homofóbicas contra o tricolor. E também ter atirado objetos no gramado de sua Arena. O árbitro registrou isso tudo em seu relatório. Logo o alvinegro que tem protestado contra gestos de torcedores adversários ofendendo alguns de seus atletas.  Rogério Ceni errou na substituição que fez, no esquema que estava ganhando, e para mim ele mexeu porque quer ser sempre o protagonista. Por exemplo: colocou Gabriel Neves, sem condição técnica boa, e ainda botou Patrick, que parecia ser jogador de “seleção de masters”. Esteve devagar, e chegou atrasado na bola que o jogador corintiano empatou a partida. Ceni substituiu Reinaldo, que era o melhor do time, no primeiro tempo. Cássio defendeu  até pensamento, teria comentado Rogério Ceni a seu auxiliar técnico Charles, que é francês.   

****

TELEFONES com cabines em Londrina parece que sumiram. Os que restam parece que o povo não os usa. Talvez com medo de assaltos.  

****

QUEM é melhor batedor de pênaltis: Rafael Veiga, do Palmeiras ou o veterano Reinaldo, do São Paulo?  

****

O empresário Nelson Tsukahara será o grande anfitrião do evento de filiação e apresentação de pré-candidatos do Republicanos. Ele é o presidente do Diretório do partido para Londrina e Região. O evento aberto ao público será nesta quinta-feira (dia 26), às 19h30, no Centro de Eventos do Aurora Shopping, na Gleba Palhano. Os organizadores esperam um expressivo número de presentes. 

Imagem ilustrativa da imagem Os exemplos da empresa Tamarana Tecnologia e Soluções Ambientais Imagem ilustrativa da imagem Os exemplos da empresa Tamarana Tecnologia e Soluções Ambientais
|  Foto: Divulgação
 

Boas histórias e muita amizade 

Foi um sucesso o Encontro de Ex-Alunos do Colégio Cristo Rei de Jacarezinho realizado último fim de semana em Londrina. Na foto, um dos organizadores Jose Rojas Gavilan, Paulinho Dandreia, o ex-reitor da UEL Jackson Proença Testa e o médico dermatologista Hélio Celestino. Momento de relembrar boas histórias e de rever os amigos.  

Imagem ilustrativa da imagem Os exemplos da empresa Tamarana Tecnologia e Soluções Ambientais Imagem ilustrativa da imagem Os exemplos da empresa Tamarana Tecnologia e Soluções Ambientais
|  Foto: Divulgação
  

Ivan Luz elegeu-se, foi para Brasília e não mais voltou!  

"O BRASIL não pode ser uma Democracia de Araque!” , dizia o nosso professor de Direito Constitucional, na Faculdade Estadual de Direito (ainda no Hugo Simas) o culto advogado Ivan Luz (o escritório dele era no Edifício Autolon, tendo como colegas os então jovens advogados Astor Larsen Santos e Celso Dávila, que depois foi colega do ministro Mauricio, da Justiça em Brasília). Ivan Luz elegeu-se deputado federal, em outubro daquele nosso segundo ano, e foi para Brasília, levando com ele Astor e o são paulino Celso Dávila. Foram e não mais voltaram para Londrina. Ficaram em Brasília. Ivan Luz foi para o Tribunal de Contas da Capital da esperança e Astor e Celso abriram seus escritores. Celso foi colega do doutor Mauricio, que acabou sendo ministro da Justiça.        

****

DECIDIDAMENTE, a chamada máquina de fazer loucos, como dizia Millor Fernandes sobre a televisão, em suas colunas de humor nas revistas O Cruzeiro e Veja, parece ter chegado pelo menos a alguns setores de tribunais em Brasília...O pessoal da área anda falando muito, respondendo a tudo, parecendo sempre estar em lua de mel com a televisão.  A recíproca também é verdadeira. 

**************

A opinião do colunista não é, necessariamente, a opinião da Folha de Londrina 

Receba nossas notícias direto no seu celular! Envie também suas fotos para a seção 'A cidade fala'. Adicione o WhatsApp da FOLHA por meio do número (43) 99869-0068 ou pelo link wa.me/message/6WMTNSJARGMLL1