|
  • Bitcoin 146.042
  • Dólar 4,9690
  • Euro 5,2169
Londrina

Oswaldo Militão - Social

m de leitura Atualizado em 13/04/2022, 20:21

Homenagem a Edina Panichi

Evento dos mais concorridos no Museu Histórico de Londrina marçou o lançamento do livro em homenagem à professora doutora

PUBLICAÇÃO
quinta-feira, 14 de abril de 2022

Oswaldo Militão
AUTOR autor do artigo

Foto: Divulgação - Aníbal Vieira da Cruz
menu flutuante

 No dia 25 de março, no Museu Histórico de Londrina, evento dos mais concorridos marcou o lançamento do livro ESTUDOS EM ESTILÍSTICA E CRÍTICA GENÉTICA, em homenagem à professora doutora Edina Panichi. Desde 2004, quando se aposentou, ela continuou atuando como docente sênior no Programa de Pós-Graduação em Estudos da Linguagem - PPGEL. Atua sem nenhuma remuneração, com o objetivo de não permitir que duas vertentes de pesquisa, ou seja, a Crítica Genética e a Estilística, fossem extintas do Programa. Segundo as organizadoras do livro Juliana Barbosa, Letícia Storto e Thais Jerônimo Duarte, a homenagem é mais do que justa, pois Edina atingiu alto grau de projeção no exercício de sua atividade acadêmica, o que lhe confere para seus alunos, ex-alunos, ex-orientandos e orientandos atuais, o título de Professora Emérita, tal a dedicação que confere aos seus discípulos e à UEL. As fotos são de Aníbal Vieira da Cruz. 

Antonio Carlos, Edina e Maria Angelita Panichi Antonio Carlos, Edina e Maria Angelita Panichi
Antonio Carlos, Edina e Maria Angelita Panichi |  Foto: Divulgação - Aníbal Vieira da Cruz
 
Familiares de Cambará e Barcelona vieram para a homenagem Familiares de Cambará e Barcelona vieram para a homenagem
Familiares de Cambará e Barcelona vieram para a homenagem |  Foto: Divulgação - Aníbal Vieira da Cruz
 
A homenageada com as organizadoras do livro, alunos e orientandos do PPGEL/UEL A homenageada com as organizadoras do livro, alunos e orientandos do PPGEL/UEL
A homenageada com as organizadoras do livro, alunos e orientandos do PPGEL/UEL |  Foto: Divulgação - Aníbal Vieira da Cruz
 
A vereadora Flávia Cabral, ex-aluna da Edina Panichi  num curso de Atualização em Construção Textual, também presente ao lançamento do livro A vereadora Flávia Cabral, ex-aluna da Edina Panichi  num curso de Atualização em Construção Textual, também presente ao lançamento do livro
A vereadora Flávia Cabral, ex-aluna da Edina Panichi num curso de Atualização em Construção Textual, também presente ao lançamento do livro |  Foto: Divulgação - Aníbal Vieira da Cruz
 

PÁSCOA EM CAMBARÁ 

O Bourbon Cambará Hotel vai promover almoço de páscoa, no domingo (dia 17). O cardápio assinado pelo chef Matheus Schiavo terá menu a la carte com diversas opções.  Algumas sugestões são bruschettas ao pomodoro, escondidinho de carne de sol e salpicão de frango com folhas verdes de entrada.  Pratos principais como tilápia ao molho de natas e azeitonas, risoto de rúcula com tomate seco e filé mignon ao molho de pimentas verdes. Para finalizar, entre as sobremesas, banoffee na taça, pudim de leite e bombom de morango. O almoço começa as 12 horas. Reservas pelo telefone (43) 99139-1625. 

SAUDOSOS RADIALISTAS DA BANDEIRANTES QUE FORAM MUITO OUVIDOS EM LONDRINA  

A Rádio Bandeirantes está comemorando seus 85 anos de fundação e de história na Comunicação no Brasil. Entre seus grandes radialistas em todos os tempos estão os saudosos Hélio Ribeiro, Vicente Leporace (do programa Trabuco), e de José Paulo de Andrade, do noticioso “Pulo do Gato”, e de Fiori Giglioti, o narrador esportivo mais festejado pelas torcidas.  

AQUI em Londrina, um dos ouvintes mais assíduos de Vicente Leporace era o Toninho, do restaurante da madrugada mais famoso que a cidade e a região tiveram. Como ele trabalhava a madrugada toda, dormia de manhã, mas punha o relógio para despertar às 9, para ouvir O Trabuco de Leporace. Depois, dormia de novo, me contou um certo dia.  

A COZINHA do Toninho era imbatível com seu arroz da boemia, para homens e mulheres, do frango na junta e do filé alto, melhor que o do Moraes paulista, que não tinha igual em todo o Paraná. Que Deus tenha o Toninho e aquele abraço a seus familiares. 

JORNALISTAS da FOLHA, que fechava a Redação às 2 da manhã, também iam comer alguma coisa no Toninho e fiavam no papo com conhecidos ou amigos que encontravam. E era gente de muito destaque na cidade, no estado, na política, na cafeicultura e etc. E cada história!!!  

FIORI Gigliotti trouxe o seu time de futebol do “Scratch do Rádio” para jogo beneficente no Estádio Vitorino Dias, contra uma equipe de profissionais liberais e convidados daqui. Equipe organizada pelo saudoso professor Reinaldo Ramon, da qual fiz parte e tentei jogar 20 minutos do primeiro tempo. Cansei e pedi para ser substituído. Ahhh que saudades que tenho dos amigos que se foram, dos tempos que não voltam mais da “querida Londrina capital mundial do café”. 

 O MAIS BEM PAGO TÉCNICO DE FUTEBOL DAS AMÉRICAS E REMINISCÊNCIAS DA COLUNA  

O TÉCNICO Abel Ferreira, o português do Palmeiras, é o mais bem pago do futebol das Américas: ganha dois milhões mensais de reais no alviverde. A torcida do Verdão lota seu estádio e ajuda a pagá-lo, diz a presidente do clube.  

OS portugueses de Londrina e do Paraná todo torcem cada vez para o sucesso dele, em consequência, aplaudem o Palmeiras e esquecem um pouco a Portuguesa de Desportos, mas devem se lembrar que a “Lusa” está de volta ao principal campeonato paulista de futebol, a Série A.  

Vou relembrar aqui alguns craques da rubro-verde: os goleiros Muca (aqui de Jacarezinho) e Lindolfo, revelado pelo Marília, Nena, Djalma Santos, Brandãozinho, Ceci e aquele ataque fantástico formado por Julinho, Renato, Nininho, Pinga e Simão. Julio Botelho brilhou no Fiorentina, de Florença, Itália. Pinga, para o Vasco da Gama, e Simão, para o Corinthians, formando aquele quinteto ofensivo Cláudio, Luizinho, Baltazar, Carbone (revelado pelo Juventus) e Simão.  

ATENDIMENTO DOMICILIAR

A equipe da  Londrilife, empresa de Enfermagem e Cuidadores, deseja a todos os londrinenses Feliz Páscoa. Especializada em atendimento domiciliar e acompanhamento hospitalar, a empresa teve grande demanda nesta época de pandemia. Como explica a enfermeira Karina Gonçalves, do staff da Londrilife,  a contratação do atendimento pode ser por plantões de 6 hs, 12 hs ou 24 hs. “Também realizamos procedimentos pontuais, como banho, sondagens, curativos e administração de medicamentos endovenoso. Ressaltamos que o paciente ser atendido na sua própria casa é muito importante para sua qualidade de vida, pois está junto de seus familiares. No acompanhamento hospitalar feito pela empresa, um dos objetivos é   prevenir os familiares de infecções do ambiente hospitalar. Na foto, as enfermeiras Karina Siqueira Gonçalves e Nilcéia Tostes da Londrilife. 

Imagem ilustrativa da imagem Homenagem a Edina Panichi Imagem ilustrativa da imagem Homenagem a Edina Panichi
|  Foto: Divulgação
 

 Londrinenses vencem etapa do Interclubes de Sinuca Six 

Com a participação dos melhores sinuquistas do Paraná, o Santa Mônica Clube de Campo, de Colombo, sediou a primeira etapa do Campeonato Paranaense Interclubes de Sinuca Six Reds - Série A. A  Exactus de Londrina foi campeã e o Clube Círculo Militar do Paraná, de Curitiba foi vice. Ao todo serão três etapas.  Campeão e vice se classificam para o Primeiro Brasileirão Interequipes, em dezembro. A tacada máxima (75 pontos) foi de Noel, cuja equipe ficou em terceiro lugar. Na foto, Pierre, Ricardo Caregnato (presidente da Federação Paranaense de Sinuca) ,Eládio Vaca, Adriano Correa, PC Biaca, Fabinho, Romeu Demattè Jr e Reginaldo Frez. 

Imagem ilustrativa da imagem Homenagem a Edina Panichi Imagem ilustrativa da imagem Homenagem a Edina Panichi
|  Foto: Divulgação
 

Confeitaria em alta  

Segmento de boas perspectivas no mercado gastronômico, a confeitaria oferece diversas oportunidades de trabalho e negócios para quem desenvolve talento, técnica e combinações que conquistam o paladar. Assim futuros chefs aprendem no curso de Gastronomia da UniFil a arte de preparar sobremesas requintadas e as mais simples, sempre no capricho. Em recente aula de Bases de Confeitaria no laboratório de práticas, a professora Carolina Carmona e a aluna Bianca Lemos Alexander (de toque blanche) mostram o resultado: uma delicada e clássica receita da patisserie francesa, a Torta Fraisier. Vários profissionais formados nesta faculdade se destacam e empreendem, como Ana Carolina Militão da Rocha em sua Cake by Mili e as diversas opções de doces gourmets. 

A professora Carolina Carmona A professora Carolina Carmona
A professora Carolina Carmona |  Foto: Divulgação
 
A aluna Bianca Lemos Alexander A aluna Bianca Lemos Alexander
A aluna Bianca Lemos Alexander |  Foto: Divulgação

****

De BIMBO Novaes: “O mundo em que vivemos está cada vez mais complicado, difícil de ser entendido o que as pessoas desejam...vivemos com receio medo de muita coisa todos os dias. Nenhum político deve querer ser o CEO do Brasil.” 

**** 

PERGUNTA de dona Leticia, uma leitora, ao telefone: “Por qual razão os ministros do STF precisam ter sala especial no aeroporto JK de Brasília?” Dona Leticia, só posso dizer que eles devem saber onde o calo aperta...  

  A Páscoa e a História 

“Tirar o judeu do Egito foi até fácil; difícil é tirar o Egito da cabeça do judeu!” Dita por um rabino de São Paulo. A razão deve ser esta: “Ninguém consegue apagar o sofrimento da História de um povo”.  Para o povo israelita a Páscoa tem seu maior significado: comemora sua fuga da escravidão imposta aos judeus pelos Egito dos Faraós. 

BEIJOQUEIROS 

A folhinha marcou ontem, 12 de abril, o “Dia do Beijo”. Napoleão escreveu para Valentine, sua paixão: “Eu te cobrirei com beijos ardentes como o Equador...” Não confundir com o país do mesmo nome. O maior beijoqueiro das novelas da Globo foi Tarcisio Meira. No cinema mudo foi Rodolfo Valentino. No atual cinema falado e colorido os vovôs citam atores de filmes como “A um passo da eternidade”, “...E o vento levou” e “Casablanca”. Quem o leitor acha que foi a atriz mais beijada? 

 ****

A opinião do colunista não é, necessariamente, a opinião da Folha de Londrina 

Receba nossas notícias direto no seu celular! Envie também suas fotos para a seção 'A cidade fala'. Adicione o WhatsApp da FOLHA por meio do número (43) 99869-0068 ou pelo link wa.me/message/6WMTNSJARGMLL1