Formatura de londrinense em Boston


Manuela Lopes Canesin no dia de sua graduação em Economia e Ciências Políticas na Universidade de Boston College, nos EUA.  Orgulhosos e emocionados assistindo a cerimônia estavam os pais dela: a artista plástica Patrícia Lopes Canesin e o cardiologista e professor da UEL Manoel Canesin 

 

Formatura de londrinense em Boston
Divulgação
 


O Dia de Portugal 

O cônsul honorário de Portugal em Londrina e Norte do Paraná, o doutor Antônio Martins, e a consulesa Mitue Martins, lembrando que ontem, dia 10 de junho, foi celebrado o Dia de Portugal, o Dia de Camões, e o Dia das Comunidades Portuguesas.  Disse-nos o cônsul Antônio Martins: “É uma data que encerra por si mesma um simbolismo muito grande para os portugueses. É o orgulho de todos nós. Fomos, saímos, desbravamos, prosperamos, mas sempre mantendo a ligação com Portugal e a cultura lusitana. Desejamos, portanto, compartilhar nossa alegria e contentamento com todos os brasileiros por essa data portuguesa tão querida”. 


*** 


As calças jeans da Levi´s, com 20 por cento de desconto, fazendo sucesso na Sinézio Magazine, entre os presentes escolhidos pelas namoradas para este final de semana de muitas declarações de amor e de corações pulsando.  



 

Parabéns para ele 

Nelson Tsukahara, empresário, fundador e proprietário da Londrivet, comemorando e agradecendo pelos 70 anos de vida. Como ele  mesmo destaca “de muitas lutas, conquistas , alegrias e com muita disposição de realizar coisas boas e importantes!” 

 

Formatura de londrinense em Boston
Divulgação
 


Quem comprou, só lucrou  

Grande movimento na Avenida São João, notadamente mais para a área leste da cidade. Uma região que começa a ter animada vida própria. Tenho a impressão que Londrina chegará muito perto do rio Tibagi, do jeito que cresce por ali. Me lembro do loteamento feito pelo empresário e engenheiro Romeu Demattê, que vendeu todos os terrenos rapidamente. Não faz muito tempo, e quem tem, quem comprou, não vende, nem por cinco vezes mais do que pagou.  



 

A boa semente

Em comemoração à Semana Nacional do Meio Ambiente, a indústria paranaense de sucos Prat’s está realizando a distribuição de sementes de árvores nativas. O objetivo é dar mais vida às florestas brasileiras. Outra iniciativa da empresa é um sorteio de um kit personalizado com bolsa térmica e sucos da marca. Para participar, quem recebeu as sementes deve publicar um vídeo no Instagram lançando a boa semente na natureza e também marcar @sucopratslondrina. Na foto, Samuel do Espírito Santo Costa, durante distribuição de sementes realizada na frutaria do Alphaville em Londrina.     

 

Formatura de londrinense em Boston
Divulgação
 


  

É preciso discutir o voto impresso mas também vacinar o povo todo  

O voto impresso custaria cerca ou mais de dois bilhões de reais aos cofres públicos, se for aprovado para a eleição presidencial de 2022. Fora as despesas com as ações que chegariam ao poder judiciário, pedindo recontagem. E quem pagaria? Os impostos da população. O Brasil ainda não adotou a impressão do voto. É o seguinte: mesmo digital, o voto precisaria mesmo ser impresso. Para provar, se necessário, em quem o cara votou. A urna eletrônica é segura, todos dizem que é. Mas a impressão do voto é uma garantia a mais. Democracia custa. Então vamos nessa, depois que vacinar todo o povo do Brasil, o presidente Bolsonaro poderia sim defender esse tipo de voto impresso. Pura e simplesmente.    



Deus nos livre do Alzheimer 

“O Alzheimer (já é pré-senil aos 65 anos) é uma doença que afeta a toda a família. Que começa dos 70 aos 80 anos. Dizem alguns médicos que parece se pior do que a coronavírus, pior do que o câncer, que já tem estudos mais avançados e a pessoa luta mais, com auxílio dos remédios e tratamentos. Mas com o Alzheimer o progresso até hoje para tratamento é zero. É um mal que os seres humanos sofrem (ou poderemos sofrer) que arrebenta com a família toda. E pode ter quantos cuidadores providenciarem, que as dificuldades para cuidar da pessoa com esse mal serão imensas. É o que dizem os que passam por isso.   


Só perguntas! 

“Por enquanto a Ciência só tem perguntas sobre o vírus que está matando milhares de pessoas.  Ainda não há resposta oficial alguma!”, disse Marguerite Lagarride, em entrevista ao Le Monde.   



Sempre classificado 

Como sempre afirmava Nelson Rodrigues, ainda em 1959, ``o Brasil está classificado para a Copa do Mundo, desde a era napoleônica´´... 

 


A opinião do colunista não é, necessariamente, a opinião da Folha de Londrina 

Como você avalia o conteúdo que acabou ler?

Pouco satisfeito
Satisfeito
Muito satisfeito

Últimas notícias

Continue lendo