|
  • Bitcoin 198.028
  • Dólar 5,4587
  • Euro 6,1923
Londrina

Oswaldo Militão - Social 5m de leitura Atualizado em 10/01/2022, 20:36

Agenda agitada de Mariana & Mateus

PUBLICAÇÃO
terça-feira, 11 de janeiro de 2022

Oswaldo Militão
AUTOR autor do artigo

menu flutuante

Para a dupla londrinense Mariana & Mateus, a agenda do fim de ano foi bastante agitada. Os irmãos realizaram diversos  shows em dezembro de 2021, passando por Goioerê, Guarapuava, Taquarivaí (interior paulista), Londrina, Erechim (Rio Grande do Sul), Siqueira Campos, Campo Mourão, e finalizaram com o Réveillon na praça central em Nova Fátima. Dando início aos shows deste ano, Mariana & Mateus agitaram o primeiro dia do Ano Novo com a galera de Moreira Sales, interior do Paraná. O mais recente projeto dos irmãos Mariana & Mateus foi a realização do DVD “Lado a Lado”. A gravação aconteceu no Parque de Exposições Ney Braga, como forma de registrar a comemoração de 10 anos da dupla. Os irmãos, que cantam desde pequenos, consideram uma formação mais profissional, a partir da gravação de seu primeiro CD em 2010. As novas canções encontram-se em todos os aplicativos de música e nas redes sociais da Dupla. 

Imagem ilustrativa da imagem Agenda agitada de Mariana & Mateus
|  Foto: Divulgação
 

 Estão aniversariando 

Os parabéns desta terça-feira, dia 11, são para Daniela Veronesi Deboni, Eliana Scaquetti, para o ex-reitor da UEL, Pedro Alejandro Gordan, Hamil Adum Filho, Carla Garcia Cid, Therezinha Costa, fazendeira, e Maria Dulce Pires de Campos 

 O Polo Turístico de Brunassi 

O advogado José Roberto Brunassi    escreveu para a Coluna, dizendo que Londrina está com   "a faca e o queijo " na mão, para despontar como um polo turístico, pois até dinheiro sobrando para investimento tem. “Então poder-se-ia abrir às universidades um concurso visando criar algum modelo. Por exemplo:  Ligando Jardim Botânico, lago Igapó,  Parque Arthur Thomas e Limoeiro, por teleférico ou bondinhos, criando-se atrativos estimulando iniciativa privada à explorar tudo isso”, sugere. 

Há 20 anos nos EUA 

A londrinense Melissa de Caiado Castro Ribeiro foi entrevistada por Jorge Pontual, domingo último no Fantástico, da Rede Globo. Radicada há 20 anos nos EUA,  fez questão de falar que nasceu em Londrina. Ela é filha da professora universitária Marisa de Caiado Castro e do neurologista José Ivan Ribeiro. Melissa Ribeiro falou a Pontual sobre o ecossistema do Vale do Silício em um caso sério de fraude. Ela é executiva CPO 

Imagem ilustrativa da imagem Agenda agitada de Mariana & Mateus
|  Foto: Divulgação
 

Concursos no RS 

Estão abertas as inscrições para 20 concursos no Rio Grande do Sul. Com salários de até mais de 18 mil reais, deixam os cursos concurseiros em grande atividade.  

Vices que assumiram  

Professor de cursinho de Londrina, dando aula de História, em Assuntos Gerais, lembrava a seus alunos que o Brasil nos últimos 30 anos, teve três vices que assumiram a presidência da República: José Sarney, do Maranhão, que era o vice de Tancredo Neves, e assumiu todo o mandato, pela morte do mineiro eleito presidente: o também mineiro Itamar Franco, que era o vice de Fernando Collor, que foi cassado e Michel Temer, o paulista que era o vice de Dilma Rousseff, que teve o mandato cassado. Pode ser uma pergunta-pegadinha no vestibular que seu filho vai fazer.     

Mães e pais preocupados 

Ouvido na recepção de consultório médico em Londrina, na conversa entre pais e mães que lá estavam: “Só falta agora aparecer no Brasil casos de sarampo e de poliomielite!” “Pelo de Deus, que isso não  ocorra”, disse a mãe, grávida  de sua segunda filha. 

Leis demais no Paraná 

Até 2017, os londrinenses e paranaenses em geral, viviam sob a obediência a 19.090 leis do Estado do Paraná, e mais 14 mil leis da União, sem falar nas municipais. Aqui entre nós, é de enlouquecer advogados, contadores ou contabilistas e administradores em geral. O deputado estadual Tiago Amaral comentou o assunto, dizendo que pelo menos 30 por cento delas poderiam ser extintas. Foi organizada uma Comissão de Revisão e Consolidação Legislativa, criada pela Assembleia para tentar pelo menos uma revisão estadual, que não sabemos se foi concluída.         

Faustão

Fausto Silva estreia seu novo programa no próximo dia 17, na TV Bandeirantes (aqui pela Tarobá). Como se sabe, será diário, de segunda à sexta feira, às 20h30. Aqui, na charge do cartunista Jeff, Faustão fez questão de escolher suas bailarinas. Entre elas, me disseram, está uma de Cascavel 

Imagem ilustrativa da imagem Agenda agitada de Mariana & Mateus
|  Foto: Jeff - Divulgação
  

***

LEITOR da Coluna pergunta pelo telefone, o que a Prefeitura Municipal fará com o estádio da Vila Santa Terezinha. Se ele ainda está cedido para a Portuguesa. Quem pode informar a respeito é a Fundação de Esportes, sucessora da ex-Ametur. 

Tio Sam quer voltar à Lua 

A FOLHINHA marcou, dia 6, a chegada do primeiro homem à Lua. Um grande feito dos norte-americanos. Hora de voltar à Lua, disse o presidente Joe Biden, embora o custo muito alto. A população dos EUA respondeu, em enquete, de uma emissora FM de Rádio, de Nova York, que gostaria de ver se a bandeira estadunidense continua fincada e tremulando por lá... 

A lua é dos românticos

VAMOS relembrar a letra daquela marchinha brasileira do nosso Carnaval que dizia: “Todos eles estão errados, a Lua é, é dos namorados...” Muito cantada nos bailes do Londrina Country Club, do Grêmio Recreativo Londrinense, do Canadá Country Club e do Iate Clube de Londrina. A letra dizia mais: “Lua que no Céu desponta, Lua que nos dá o luar; Lua, ó Lua, não deixe ninguém te levar...” 

Um pedaço no museu 

Vimos um pedaço da Lua, presa em um pedestal central, no Museu Aeroespacial de Washington, a capital norte-americana. Todo mundo pode ver e passar a mãos na pequena rocha, de cor cinzenta. Quase todos a fotografam, afinal é a sonhada e poética Lua.  

Comemoração

Imagem ilustrativa da imagem Agenda agitada de Mariana & Mateus
|  Foto: Divulgação
  A dentista Karina Bonalumi Biuttar com o marido, o advogado Walter Bittar comemorando a chegada de 2022. Com certeza, os dois têm muitos planos para este ano que acaba de começar

 Durante 20 anos o MST amedrontou aqueles que desejavam ter um sítio            

Durante os 20 anos do governos do PSDB e do PT (Michel Temer, do MDB, cumpriu o restante do mandato da presidente Dilma), o Movimento Sem Terra assustou, amedrontou mesmo pessoas urbanas (as que moravam nas cidades) de investir em terras rurais, para ter seu pequeno sítio de 20 ou médio sítio de 50 alqueires, ir plantando devagar, conforme rendas que obtinha em outros trabalhos na cidade, gerando empregos na zona rural, e gerando a economia na produção de tomates, frutas, hortaliças, legumes em geral ou planando eucaliptos e outras árvores frutíferas ou não. Ou para a criação de peixes ou com granjas para criar frangos ou galinhas botadeiras. Empregados em propriedades, como na região de Tamarana, de Lerroville,  de Guaravera, eram convencidos a ingressar no movimento com a promessa de ficar com alguns alqueires de terras. Até foragido da penitenciária agrícola próxima a Curitiba estava na invasão da Fazenda Moacir Vianna, em Tamarana.  Ouvimos muitas histórias sobre invasores de terras. Vários deles nunca haviam pego em uma enxada para carpir, e lá estavam de foices nas mãos, disseram, para ameaçar quem repelisse suas ações. Engraçado: hoje em dia, essa turma vota contra candidatos de esquerda, a fim de proteger “as propriedades que conquistaram através de invasões, ajudados pelo pessoal de partidos esquerdistas...”             

Vendeu por 300 mil; hoje vale 8 milhões 

Acossado pelo Movimento Sem Terra, que colocou seus “trabalhadores desempregados” ou não na Fazenda Moacir Vianna, que invadiram, e proibiram os vizinhos de passar pela estrada, que há mais de 50 anos era utilizado, por decisão da prefeitura de Londrina (Tamarana ainda era distrito londrinense), um proprietário de um sítio de 56 alqueires, ameaçado de invasão, sem passagem para sua propriedade, vendeu-o por pouco mais de 250 mil reais. Hoje, passados, alguns anos, está valorizado em 8 milhões de reais...porque com o atual governo federal o risco de invasão sumiu do noticiário e a soja tornou-se rainha da região.  As invasões acontecidas também contaram com a benevolência de governantes estaduais e seus secretários, que até batiam palmas para o que ocorriam mesmo sabendo que, aplaudiam invasão de propriedade, que pela lei brasileira é crime. 

Não incorrerão no mesmo erro com Ronaldo Caiado 

Converso pouco ultimamente com as pessoas, por causa da proteção contra essa praga da Covid-19 mais a ômicron, sul-africana e etc. Uso o telefone, porque não sei utilizar o WhatsApp,  e perco muito por isso, mas pelas informações  obtidas posso dizer que aquilo que ouvia, na eleição de 2018, que os produtores rurais e seus familiares não cometeriam com Jair Bolsonaro o que fizeram com Ronaldo Caiado, que é o atual governador de Goiás. Lembram-se dele: Caiado, presidente da UDR nacional, lançou-se candidato à presidência, na defesa dos agricultores e da produção rural e contra invasão de terras, que vinham ocorrendo, já como MST em plena ação. Mas outro candidato era o jovem empresário Fernando Collor de Mello. Mais jovem, “o caçador de marajás”, como o chamava a revista Veja. Muitas filhas de fazendeiros decidiram votar em Collor, que era um bonitão mais jovem. Conclusão: Caiado não passou para o segundo turno. E Collor ganhou também de Lula, no segundo turno. Vamos recordar as contas que depois fizeram: 5 milhões de propriedades rurais, a três pessoas de cada família, e talvez mais um empregado apenas, daria de 15 a 20 milhões de votos para Caiado , que estaria no segundo turno. Hoje em dia, eles juram que não vão mais cometer esse erro: agricultores vão votar unidos, mesmo porque o outro candidato que a pesquisa diz que passará para o segundo turno é Lula da Silva. Resta aguardar os acontecimentos, o que farão filhos e netos de produtores rurais e também seus empregados. “Resultado de Eleição só depois da apuração”, dizia o falecido Tancredo Neves. E como será o comportamento do candidato Lula nos debates, quais serão seus projetos, o que vai dizer ao pessoal da chamada Direita, que é a turma que produz, que investe, que gera empregos.  

Casado com Larissa 

O leitor da FOLHA Fernando Crispin  escreveu para a Coluna afirmando que “o jogador Roberto Firmino é casado com uma modelo chamada Larissa  desde 2017 e tem duas filhas”.  

 ***

Videogame tem sido um problemão para vários pais e mães, que percebem que essa “diversão” atrapalha a garotada nos estudos e nos demais aprendizados da vida.   

***

 *** 

NA ARGENTINA, o último dia 6 foi uma data triste de ser lembrada: a derrota para os ingleses na Guerra das Malvinas. As ilhas (Falklands para o Reino Unido) serão uma disputa eterna, na OEA e na ONU, entre os dois países.  

*** 

A opinião do colunista não é, necessariamente, a opinião da Folha de Londrina 

Receba nossas notícias direto no seu celular! Envie também suas fotos para a seção 'A cidade fala'. Adicione o WhatsApp da FOLHA por meio do número (43) 99869-0068 ou pelo link wa.me/message/6WMTNSJARGMLL1

instagram

ÚLTIMOS POSTS NO INSTAGRAM