A ECONOMIA NOSSA DE CADA DIA -

O Nobel da Economia em 2021 consagra pioneiros da pesquisa natural


O prêmio Nobel de economia de 2021 foi dividido entre David Card, por suas pesquisas no campo da economia do trabalho, e a dupla Joshua Angrist e Guido Imbens por suas contribuições para a análise das relações causais.

Metade dos R$ 6,3 milhões do prêmio ficou com o primeiro e a outra metade, dividida entre os dois outros. 

Importante agora entender qual a contribuição que eles deram para o desenvolvimento e o entendimento das ciências econômicas.  



Distingue quem trabalha para o bem ...

Os prêmios Nobel nasceram da vontade do sábio e industrial sueco Alfred Nobel (1833-1896), inventor da dinamite, de legar grande parte de sua fortuna aos que trabalham por ‘um mundo melhor’.



... e assim o fazem os economistas...

Originalmente a condecoração era atribuída para avanços na Medicina, Física, Química, Literatura e Paz. O prêmio de Economia foi criado em 1968 e concedido pela primeira vez em 1969.



... consagrados em 2021...

A Academia Real das Ciências da Suécia, em 11 de outubro anunciou como vencedores do Nobel de economia o canadense David Card ( Universidade de Berkeley), o americano Joshua D. Angrist (MIT) e o holandês Guido W. Imbens (Universidade de Stanford)


... pela estratégia que utilizam na pesquisa.

Os pesquisadores foram premiados pelo uso de experimentos naturais (situações da vida real para calcular seus impactos no mundo) para entender as relações de causa e efeito em áreas como mercado de trabalho e educação. 



Diferente das biológicas e naturais ...

Várias ciências se valem de pesquisas de laboratório como é o caso de testes de novos remédios onde o pesquisador separa aleatoriamente dois grupos de pessoas onde um recebe placebo e outro o medicamento. Se a reação for diferente entre os grupos, é possível apontar um efeito causado pelo medicamento.



... laboratório não é opção nas ciências sociais...

Ao contrário da medicina ou de outras ciências, os economistas não podem conduzir estudos controlados. Em vez disso, precisam valer-se de situações da vida real para estudar os impactos no mundo - os chamados Experimentos Naturais.



 

... e isso os consagrou.

Com suas pesquisas estes economistas revolucionaram a compreensão empírica nas ciências sociais e melhoraram significativamente a capacidade da comunidade de pesquisa de responder a perguntas de grande importância.



Questões do mercado de trabalho ... 

O professor David Card demonstrou que o aumento do salário-mínimo não leva necessariamente à redução de empregos e que a renda das pessoas que nasceram em um país pode ser melhor do que dos imigrantes que tiveram de sair de seu país para outro.




... e conclusões sobre causa e efeito.

Já as pesquisas dos professores Angrist e Imbens trouxeram melhor entendimento sobre o efeito de um ano a mais na escola para os estudantes. Eles concluíram que um ano adicional de estudo aumentava em média o salário em 9% e que os americanos nascidos no último semestre do ano tinham melhores estudos.




O Nobel pelo método.

Mais relevante do que as respostas obtidas em suas pesquisas, foi a forma de obtê-las. O que os consagrou foi encontrar relações de causas e efeito sem experimentos controlados e sim a partir de experimentação natural. Tal proposta metodológica se estende a toda uma gama de estudos nas ciências sociais.  



E isso merece um Nobel.


Marcos J. G. Rambalducci - Economista, é Professor da UTFPR. Escreve às segundas-feiras.


* A opinião do colunista não reflete, necessariamente, a da Folha de Londrina.


Receba nossas notícias direto no seu celular. Envie também suas fotos para a seção 'A cidade fala'. Adicione o WhatsApp da FOLHA por meio do número (43) 99869-0068 ou pelo link wa.me/message/6WMTNSJARGMLL1.

Como você avalia o conteúdo que acabou ler?

Pouco satisfeito
Satisfeito
Muito satisfeito

Últimas notícias

Continue lendo