|
  • Bitcoin 149.300
  • Dólar 4,9058
  • Euro 5,1831
Londrina

ECONOMIA NOSSA DE CADA DIA

m de leitura Atualizado em 03/04/2022, 20:59

Cesta básica renova recorde pela 2º vez seguida em Londrina

Levantamento dos preços é realizado em 11 unidades de distintas redes supermercadistas que atuam em Londrina

PUBLICAÇÃO
segunda-feira, 04 de abril de 2022

Marcos Rambalducci
AUTOR autor do artigo

menu flutuante

O Núcleo de Pesquisa Econômicas Aplicadas da UTFPR- NuPEA, realiza mensalmente a pesquisa de preços dos itens que compõem a cesta básica de alimentos na cidade de Londrina.

Imagem ilustrativa da imagem Cesta básica renova recorde pela 2º vez seguida em Londrina Imagem ilustrativa da imagem Cesta básica renova recorde pela 2º vez seguida em Londrina
|  Foto: Gustavo Carneiro - Grupo Folha
  

Com uma série histórica de mais de 20 anos, iniciada pelo economista Flavio de Oliveira Santos, possivelmente seja a pesquisa continuada, com foco na inflação dos alimentos, mais longeva em uma cidade do interior.

Sua proposta é a de retratar a evolução dos preços dos alimentos que compõe a ração mínima para sustentar um adulto durante um mês comparando seu valor com o salário-mínimo vigente.

No último dia do mês ...

O levantamento dos preços é realizado em 11 unidades de distintas redes supermercadistas que atuam em Londrina, sempre no último dia de cada mês, considerando os 13 produtos que compõe a cesta básica nacional.

..., nos quatro cantos e o centro...

As unidades são selecionadas contemplando os quatro pontos cardeais e mais o centro da cidade, sem repetição de qualquer unidade pertencente a uma mesma rede de supermercados, garantindo uma amostragem a mais fidedigna possível.

... e sem distinção de marcas

A pesquisa não faz diferenciação de marca, mas o produto deve trazer as mesmas especificações e embaladas com a mesma porção.

O maior valor já alcançado...

A média obtida na pesquisa mostrou que a cesta básica em Londrina teve uma elevação de 7,1% entre fevereiro e março, atingindo o preço médio de R$ 620,76.

... com diferenças de até 28% ...

O supermercado com a cesta básica mais barata ficou em R$ 537,29, enquanto o de maior preço bateu os R$ 686,64. Uma diferença entre o menor e o maior preço de 27,8%, mostrando que pesquisa de preços é fundamental.

... e inflação acumulada de 23% no ano

No dia 1º de janeiro a cesta básica em Londrina poderia ser adquirida na média a R$ 506,13 o que significa que nestes 90 dias o preço médio dela subiu em 22,65%. A alta foi de 6,2% em janeiro, em fevereiro de 7,8% e agora alta de 7,1%.

O S.M. nunca comprou tão pouco...

Em termos de poder de compra do Salário-Mínimo, hoje a R$ 1.210,00, este permite adquirir 1,95 cestas básicas. Um trabalhador com este salário, dedica 113 horas da jornada de trabalho (51,3%) para adquirir uma única cesta. É a pior relação dos último 15 anos.

..., em situação oposta a set/2017

Para fins de comparação, o recorde de número de cestas básicas que o Salário-Mínimo pôde adquirir ocorreu em setembro de 2017 quando permitia comprar 3,2 cestas.

Os governos precisam agir ...

Esta situação inflacionária, especialmente nos alimentos, aflige todos os países do globo e os Bancos Centrais estão subindo seus juros para tentar conter esta onda.

... e em conjunto

É fundamental que o equilíbrio entre oferta e demanda seja buscado por todas as economias. Não adianta o Banco Central do Brasil tentar estancar um vazamento aqui, se a água brota de todos os lados.

E nós, o que podemos fazer?

Além da pesquisa de preços, da compra dos produtos de época, da redução das idas ao supermercado, da racionalização no consumo, é preciso ficar atento à forma de comprar.

Delivery pode ser uma boa

Pesquisa realizada também pelo NuPEA, aponta que a cesta básica, quando adquirida pelo sistema de delivery (entrega em casa), se não houver a cobrança da entrega, fica em média R$ 4 mais caro. Vale a pena colocar na ponta do lápis e conferir.

Marcos J. G. Rambalducci - Economista, é Professor da UTFPR. Escreve às segundas-feiras.