|
  • Bitcoin 123.817
  • Dólar 5,0741
  • Euro 5,2058
Londrina

Luiz Geraldo Mazza

m de leitura Atualizado em 30/06/2022, 03:30

Quarta onda

PUBLICAÇÃO
quinta-feira, 30 de junho de 2022

Luiz Geraldo Mazza
AUTOR autor do artigo

menu flutuante

Alguns observadores adiantam que o Brasil pode estar na quarta onda da Covid. No Paraná as mortes caem 88% e o último registro indicou 41 óbitos. Mas surgiram três casos suspeitos da varíola dos macacos, um deles em Curitiba. 

Surpresa 

Em estatísticas uma surpresa no número de mortes pela polícia: em 2020 houve 6.413 e em 2021 baixou para 6.145. No Paraná, por exemplo, houve 377 contra 414, com pequena alta. A queda é geral no país (Rio houve aumento de 1.245 para 1.356), mas aumenta na Amazônia. É a primeira vez que isso acontece em oito anos. 

Bolsonarismo  fica 

O Cebrap, por meio do seu presidente Marcos Nobre, afirma em estudo que derrotar o bolsonarismo será tarefa de muitos anos, ainda que venha a perder em outubro. É uma aposta parcial na consolidação da nova direita brasileira. Em termos doutrinários se distancia da de Jackson Figueiredo dos anos 30-40, mas se mostra mais arregimentada como fenômeno de massa. A esquerda não a despreza e tanto que obrigou o lulismo a rever seus fundamentos para tornar-se mais palatável, vide aliança com Geraldo Alckmin. 

Calamidade  

A Assembleia Legislativa decidiu pela prorrogação do estado de calamidade pública no Paraná. O emergencial deixa de ser transitório, o que facilita o uso de medidas heroicas no decorrer do tempo. Decidiu também pela suspensão do recesso parlamentar de julho. 

PEC do momento 

A Proposta de Emenda Constitucional leva governo e parlamento a inclusão de dispositivo que reserva R$ 25,5 bilhões fora do teto dos gastos para despesas extras com o Auxílio Brasil. 

Engessar Lula 

Com a liderança de Lula nas pesquisas, parlamentares se articulam para usar o projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias de 2023 obrigando o governo a executar emendas do relator, ampliando sua influência sobre o orçamento. É mais uma evidência das raízes do bolsonarismo suscitada pelo Cebrap, Centro Brasileiro de Análise e Planejamento. Uma das provas ideológicas é a insistência do ministro Queiroga no guia da Saúde na definição de aborto como crime e sustentá-la em audiências públicas. 

Indústria 

Novamente em maio ficou evidenciada a projeção da indústria na geração de empregos no Paraná, com 3.733 vagas, como informou o cadastro do Caged. 

LEIA TAMBÉM:

Otan fortalecida 

Com o acerto entre a Turquia e a Finlândia e a Suécia para ingresso na Otan o presidente Biden anunciou reforço nas tropas da aliança militar ocidental com mais soldados norte-americanos nas forças da Europa. 

IPI zerado 

Ajustado ao tom de campanha eleitoral, o ministro Paulo Guedes está prometendo zerar o IPI se Jair Bolsonaro for reeleito.

STF prensa 

O ministro Gilmar Mendes, do STF, deu prazo de 24 horas para que o governo federal avalie as propostas apresentadas pelos estados para superar o impasse sobre a cobrança do ICMS. Isso se deu na sequência de um encontro de conciliação no qual foram propostos quatro itens de um acordo.  

Acordo paulista 

O socialista Márcio França está admitindo como possível desistir da disputa pelo governo aderindo à chapa com o petista Fernando Haddad e passando a disputar o Senado. 

Folclore 

E aos poucos as coisas vão se esclarecendo e já se sabe que pastores organizaram 9 eventos do Ministério da Educação, um deles com a presença do presidente Bolsonaro. Para a Controladoria-Geral da União, CGU, presença das autoridades indicava que religiosos eram influentes. Não bastasse esse caso, que pode dar em  CPI,  pintou acusação de abusos sexuais por parte do presidente da Caixa Econômica Federal, já observado por procuradores do Tribunal Superior do Trabalho.  

Receba nossas notícias direto no seu celular! Envie também suas fotos para a seção 'A cidade fala'. Adicione o WhatsApp da FOLHA por meio do número (43) 99869-0068 ou pelo link