|
  • Bitcoin 109.745
  • Dólar 5,2387
  • Euro 5,5470
Londrina

Luiz Geraldo Mazza

m de leitura Atualizado em 02/06/2022, 19:04

PIB em alta

PUBLICAÇÃO
sexta-feira, 03 de junho de 2022

Luiz Geraldo Mazza
AUTOR autor do artigo

menu flutuante

Graças novamente ao setor de serviços, tivemos uma alta de 1% no PIB do primeiro trimestre no país, conforme o IBGE. Obviamente, isso não chegou aos pobres, segundo o censo igualitário da moda. 

Calamidade 

Enquanto o centrão afirma que  o ministro Paulo Guedes alavanca os números de Lula, outro segmento menos emocional prega a decretação de calamidade que permitiria ao presidente Bolsonaro dirigir o país com subsídios sem reação do Judiciário. Notícias como a do PIB atrapalham um pouco ou outras, como a alta verificada no varejo de 4,24%, e também a redução do desemprego. 

Alerta 

A Fiocruz alerta para o aumento da Covid pela terceira semana consecutiva. O que contém em parte a reação é o fato de apesar da baixa média móvel de mortos as pessoas darem menor importância às infecções. No caso do Paraná foram 4.512 casos de contaminação e 115 óbitos, em Curitiba 1 morto e 1.607 infecções em 24 horas. A relação é indicativa de acerto na cura e na prevenção com a vacina. Há, porém, o risco de acomodação, como aquela havida ontem na Ucrânia com os soldados na trincheira vibrando com a vitória da seleção de futebol na Escócia. Os leitos de UTI do SUS estão ocupados. 

Boca fechada 

Polarização absoluta pode levar tanto Bolsonaro quanto Lula não participar dos debates no primeiro turno. É mais do que uma colher de chá para candidatos com algum potencial, como Ciro Gomes e Simone Tebet, e uma ilusão para os demais. De repente alguém bomba como a banda Jovem Dionísio e aí, como é que fica? Só que debate sem os dois é como faroeste sem mocinho e sem bandido. 

Prensa 

Mais uma do STF em cima do governo: deu dez dias para que haja explicação fundamentada da censura estabelecida em torno da frequência dos pastores nos ministérios. 

Bate-boca 

A guerra é efetiva entre EUA e Rússia e não contra a Ucrânia com 20% do seu território já tomado e destruído pelo invasor. Aí o Biden anuncia que vai mandar teleguiados de longo curso para a Ucrânia e Putin replica, singelamente, que vai iniciar exercícios nucleares. Nada tem de contrainformação ou guerra psicológica e sim de boquirrotice em estado puro.

Pedágio no TCU 

Os 25 pontos críticos arguidos por um relatório técnico da Universidade Federal sobre os riscos da atual modelagem definida pelo governo federal para o pedágio estão sob análise do relator do processo no TCU, ministro Walton Rodrigues. O documento foi entregue pela Frente Parlamentar. A conjuntura inflacionária e sob pressão da alta do petróleo pesará fortemente sobre as tarifas e há o receio da repetição da história negativa que tivemos, ao longo do tempo, com o Anel de Integração.

Terceira vez 

Hoje, pela terceira vez em menos de dois meses, o presidente visita o Paraná. Sua posição no Paraná não é a da eleição, mas segue dominante. 

PRF no STF 

Apesar das promessas, o presidente não tem como acertar aumentos prometidos como os das polícias federais e o pessoal da PRF, Polícia Rodoviária Federal, cogita levar o pleito do reajuste ao STF. 

Mandato 

O vereador Eder Borges, que teve o mandato cassado pela Câmara Municipal de Curitiba, obteve na justiça a suspensão da medida. 

Folclore 

O PT sempre foi linha auxiliar de Requião, embora uma ou outra trombada, mas nessa eleição dará para ver se o palanque em favor de Lula funciona ou não. O fato é que outras opções aparentam ser piores.  

Receba nossas notícias direto no seu celular! Envie também suas fotos para a seção 'A cidade fala'. Adicione o WhatsApp da FOLHA por meio do número (43) 99869-0068 ou pelo link wa.me/message/6WMTNSJARGMLL1.