|
  • Bitcoin 101.763
  • Dólar 5,3317
  • Euro 5,5605
Londrina

Luiz Geraldo Mazza

m de leitura Atualizado em 18/06/2022, 03:52

Inadimplência

PUBLICAÇÃO
sábado, 18 de junho de 2022

Luiz Geraldo Mazza
AUTOR autor do artigo

menu flutuante

O Brasil estava com 66,1 milhões de inadimplentes. Depois dos 5,2% na gasolina e 14,2% no diesel, piorou e tanto que até as ações da Petrobras caíram mais de 10% e lá se foram os mil pontos na Bolsa de Valores. 

Simplicidade   

Para conter a fúria das torcidas organizadas, a solução mais simples, menos trabalhosa, é adotar o jogo de torcida única e para o caso de Bruno Pereira e do jornalista Dom Phillips é concluir, como a Polícia Federal, que não há mandantes. 

Explicação 

O ministro do STF, Mendonça, pede à Petrobras que esclareça como se dá o processo de formação dos preços dos combustíveis. O Conselho de Administração da estatal negou o pedido do governo para segurar seus reajustes. Há a explicação de um economista: pior do que o preço alto dos derivados do petróleo é a sua ausência. Estamos muito ruins de filosofia como a moda de simplificar as coisas. 

Front 

Entre quarta e quinta 148 óbitos e 31.009 infecções em 24 horas. Há um novo problema: duas variantes mais agudas do ômicron. No Paraná, 3.489 casos, 16 mortos e 632 internados com SRAG, a síndrome aguda e grave da garganta. Recomendação pelo retorno dos cuidados com máscara e a adoção da 4ª dose a maiores de 40 anos. Nos EUA, comitê indica vacinar até bebês com Pfizer ou Moderna. Brasil confirma 6º caso de varíola dos macacos, o 4º deles em São Paulo.

O corte 

Universidades brasileiras convivem com dificuldade com a compulsão pelos cortes orçamentários. Eis uma situação simbolicamente forte: a Universidade Federal do Rio de Janeiro está  sem dinheiro para pagar água e luz e vai suspender suas atividades até agosto.  

Igualitarismo 

É mania da moda hoje em qualquer pesquisa medir o distributivismo das coisas na questão igualitária: vejam só o racha do fundo milionário eleitoral: União Brasil, PT, MDB, PSD e PP ficam com 47% de tudo. 

Avanço 

Deu para ver no feriadão que as obras do engordamento da praia de Matinhos e também dos serviços de macrodrenagem estão a todo vapor. Compensou a ida no feriadão, afinal havia ainda um pouco de ceticismo nas pessoas que cansam de esperar. 

Dívidas

Agora com a lei do ICMS sobre energia e petróleo vai piorar a situação dos municípios que perderam inclusive aquele recurso decorrente do pedágio. As cidades dobraram suas dívidas nos últimos cinco anos. Prefeitos e governadores perguntam: afinal nos haviam prometido que os preços do petróleo e seus derivados seriam contidos. 

LGBT

Uma prévia sexta-feira (17) no Largo do Arouche da parada LGBT de domingo pela proximidade com a cracolândia teve que reforçar a segurança. O aquecimento levou uma fileira de segurança privados a guarnecer uma das entradas da Feira da Diversidade. Esse tipo de manifestação em resposta turística quase empata com a Fórmula 1 em São Paulo.    

Folclore 

Roberto Requião captou a baixa adesão à sua candidatura ao governo, mas se declara empenhado na questão principal, a eleição presidencial, tentando melhorar seu desempenho como palanque de Lula.