|
  • Bitcoin 123.255
  • Dólar 5,0673
  • Euro 5,2002
Londrina

Luiz Geraldo Mazza

m de leitura Atualizado em 20/07/2022, 03:00

Combustíveis

PUBLICAÇÃO
quarta-feira, 20 de julho de 2022

Luiz Geraldo Mazza
AUTOR autor do artigo

menu flutuante

A redução da alíquota no ICMS do etanol pode deixar o produto até 30% mais barato. Já a Petrobras reduziu o preço da gasolina R$ 0,20 por litro a partir desta quarta-feira nas refinarias. Nos combustíveis há alívio na inflação, que segue nos alimentos, um dos seus tentáculos. São Paulo, Minas Gerais e Paraná reduziram alíquotas de ICMS sobre etanol hidratado.

Guerra aos abusos 

180 empresas de telemarketing, entre  bancos e teles, foram suspensas por abuso na emissão de mensagens. Na defesa do consumidor quem agiu foi o  Ministério da Justiça. Foi a medida até aqui mais forte na defesa do consumidor. 

Devastação 

Amazônia perdeu 18 árvores por segundo no ano passado: apenas 0,9% dos imóveis rurais concentram 77% da área desmatada do país. Um dos problemas na área é a indefinição das decisões da justiça, como se dá no caso da Serra do Curral quanto à exploração da mineração em Minas.

Chio presidencial 

Vários pré-candidatos presidenciais se manifestaram contra o novo ataque de Bolsonaro às urnas com vários embaixadores na assistência. Oposição foi ao STF pedir processamento exemplar do presidente. Como sempre, acusações sem provas e num ato público. 

Front 

Curitiba registrou 2 óbitos e 804 casos de infecções por Covid-19, casos ativos 5.821. Quanto à varíola do macaco há 10 casos, todos da capital. Curitiba aplicou 1.443.886 vacinações contra a doença. Entre estudos recentes sobre efeitos da Covid na menstruação, 42% das participantes observaram maior sangramento após a imunização. 

Engorda 

No Litoral a obra que mais chama a atenção é o andamento do 1,8 km de engordamento da faixa de areia em Matinhos. 

Confronto 

Parece que os ministros do STF e TSE estão mesmo empenhados na luta contra as fake news e agora quem está em cima deles é o ministro Alexandre de Moraes, que os obrigou apagar informes falsos sobre PT e PCC. 

Ala pró Lula

Alegando ter ao seu lado mais de 12 diretórios do MDB, o grupo pró Lula pega a onda para cristianizar Susana Tebet. Há movimento semelhante no PSDB e visando liquidar a fatura no primeiro turno. 

Lula e Tebet 

Lula afirmou à sua equipe que Simone Tebet não pode ser vista como carta fora do baralho e é importante ficar de olho em sua campanha, que se coloca como via alternativa à polarização dominante nas pesquisas. Segundo emedebistas, ela teria aparecido com 4% de intenção de voto em pesquisa. Ademais, sua conduta na CPI da Covid teve papel relevantíssimo. 

Nas favelas 

O Conselho Nacional de Direitos Humanos vai a favelas e periferias do Rio ouvir comunicadores sobre liberdade de expressão para mapear os obstáculos ao exercício do jornalismo em favelas como Maré, Rocinha e Jacarezinho. 

Nem todos 

Os setores de raiz do bolsonarismo apoiaram a jogada envolvendo embaixadores, embora tenha havido manifestações no centrão vendo o espetáculo como um ato falho. Alguns embaixadores viram na manobra a tática trumpista que é julgada nos EUA pela invasão do Capitólio.    

Insuficiente 

Para beneficiários os R$ 600 serão insuficientes com a inflação elevada e a maioria pede aumento permanente. Outra crítica é sobre a adoção do crédito consignado como meio de aumentar ganhos. 

Receba nossas notícias direto no seu celular! Envie também suas fotos para a seção 'A cidade fala'. Adicione o WhatsApp da FOLHA por meio do número (43) 99869-0068 ou pelo link wa.me/message/6WMTNSJARGMLL1