O Senado reagiu ao STF e aprovou o marco temporal da terra dos indígenas que a Corte havia considerado inconstitucional. Inimaginável que isso se desse tão rápido, seis dias após ato do STF. É uma fissura que exige negociação. Lula vetaria a nova ordem e testaria sua capacidade de articulação. Em briga de cachorro grande fox terrier finge que não é com ele.

Marcou posição

No seu discurso de despedida do STF, a presidente Rosa Weber defendeu a igualdade de gênero que foi assentada pelo CNJ.

Ameaça

Apesar de haver ameaça com inflação, mais forte o fato é que os juros médios dos bancos seguem em queda e a disposição de manter os cortes ainda não foi afetada.

E agora?

Um segmento do PT está resistindo á indicação de Flavio Dino para o Judiciário, entre eles o ministro Alexandre Padilha e o líder do governo no Senado, Jaques Wagner, que preferem Messias.

Favorável

O presidente do BC, Campos Neto, declarou-se favorável a taxar super ricos e offshores. Está ficando cada vez mais ajustável.

Contra STF e Lula

Um dia de paralisação da Câmara foi compensado com um acordo de R$ 200 milhões a ruralistas e centrado em broncas contra o STF e Lula.

CPIs

Após 130 dias e algumas viagens, chega ao fim a CPI do MST e com mais uma deficiência na falta de votação do relatório. E se persistir a onda de invasões de propriedades públicas e privadas ela volta a funcionar?

Fofoca

CNJ se vê obrigado a administrar cenas de baixo nível como a do juiz que viu promotor comparar advogada a uma cadela.

A opinião do colunista não reflete, necessariamente, a da FOLHA