Transporte Público em debate na Câmara


Transporte Público na Câmara

O vereador Matheus Thum (PP) protocolou na Câmara Municipal e deve chamar para votação em urgência um projeto de lei que obriga as empresas operadoras do serviço de transporte coletivo em efetuar o pagamento dos empregados de forma prioritária. A proposta quer fazer valer o que já determina a legislação trabalhista, mas vem reforçar o contorno político do atual momento, no qual os trabalhadores devem entrar no quinto dia consecutivo de paralisação com 100% do serviço prejudicado na cidade. Segundo Thum, o projeto de lei já tem seis assinaturas e tem força para entrar em votação em plenário também nesta terça-feira (13). "O projeto de lei visa garantir o bom funcionamento das atividades econômicas e a mobilidade dos trabalhadores", justificou. 


Debate sobre transporte

Já a vereadora Mara Boca Aberta (Pros) enviou requerimento ao Executivo e aos gestores das empresas exigindo a presença dos diretores da TCGL, Londrisul, do Sinttrol (Sindicato dos Trabalhadores do Transporte), do presidente da CMTU, Marcelo Cortez, e do prefeito Marcelo Belinati (PP) na sessão da Câmara Municipal. O documento deve ser analisado em plenário nesta terça (13). 


Ex-deputada morre vítima de Covid

A ex-deputada estadual e ex-vereadora Irondi Mantovani Pugliesi, 74 anos,  morreu nesta segunda-feira (12) por complicações da Covid-19. Ela estava internada no Honpar, em Arapongas (Região Metropolitana de Londrina),  desde o dia 16 de março. Irondi teve forte participação na área pública e defendia causas e maior participação das mulheres na política. Foi eleita deputada estadual por três mandatos - de 1983 a 1991 e de 1995 a 1999. Em 1994, chegou a ser a única mulher a ocupar uma cadeira da Assembleia. Foi também vereadora em Arapongas, além de já ter sido primeira-dama do município durante os três mandatos de prefeito do marido Waldyr Pugliese.  O prefeito de Arapongas, Sérgio Onofre, decretou luto oficial de três dias pelo falecimento. Recentemente, a irmã de Irondi, Irahi Mantovani, 75, que já havia sido servidora na secretaria municipal de Educação, e também o pai, Liberto Mantovani,  97, um dos pioneiros de Arapongas, faleceram em decorrência da Covid-19.

Como você avalia o conteúdo que acabou ler?

Pouco satisfeito
Satisfeito
Muito satisfeito

Últimas notícias

Continue lendo