Presidente da Aerp, vítima da Covid


Presidente da Aerp vítima da Covid

Vítima de Covid-19, o diretor executivo da Rádio Banda B, de Curitiba, e presidente da Aerp (Associação das Emissoras de Radiodifusão do Paraná), Michel Micheleto, morreu nessa quinta-feira (15), aos 59 anos. Ele estava internado desde o dia 20 de março, no Hospital Santa Cruz, na capital paranaense, onde permaneceu 20 dias na UTI devido a complicações pulmonares causadas pela doença. Advogado, palestrante e administrador de empresas, estava desde 2020 à frente da Aerp. Micheleto deixa esposa e dois filhos. O governador Ratinho Junior (PSD) lamentou a morte. "Michel foi um dos comunicadores mais importantes do Paraná. Deixa como legado a credibilidade e um trabalho incansável em prol das rádios, uma das grandes paixões do paranaense". 


Concurso público da Câmara

 De autoria da Mesa Executiva da Câmara de Londrina, os vereadores aprovaram nessa quinta-feira, em primeiro turno, o projeto de resolução que suspende o prazo de validade do concurso público do Legislativo instaurado por meio do edital em 2016 com resultado publicado em 2017. Segundo a proposta, o prazo do concurso (previsto para terminar em maio) será retomado a partir do término do período de calamidade pública municipal, reconhecido pelo decreto municipal nº 490, de 20 de abril de 2020. Na justificativa do projeto, os autores afirmam que a medida permitirá que os candidatos ainda remanescentes possam ser convocados quando a situação financeira e de saúde pública  do município de Londrina se normalizar. 


MDB local 

A advogada Flavia Romagnoli, que foi candidata a vereadora pelo MDB nas últimas eleições em Londrina e a prefeita em 2016, encaminhou um documento endereçado ao presidente estadual do partido, deputado Sergio Souza (MDB), pedindo a dissolução do diretório municipal da legenda. Ela acusa o atual presidente do MDB local, o ex-delegado e ex-candidato a prefeito de Londrina Nelson Águila Mizuta, de inserir novos filiados à sigla para se eleger presidente do diretório municipal, em evento organizado no dia 24 de janeiro de 2021. Romagnoli também alegou falta de publicidade no edital de convocação. A FOLHA tentou contato com o presidente do partido, mas não obteve retorno. O MDB saiu da última eleição sem nenhum vereador eleito. Misuta foi em oitavo colocado na corrida pela prefeitura, com 4.940 votos, ou 1,93% dos votos válidos. 

Como você avalia o conteúdo que acabou ler?

Pouco satisfeito
Satisfeito
Muito satisfeito

Últimas notícias

Continue lendo