Banco de Ideias Legislativas


Banco de Ideias Legislativas

Tramita na Câmara Municipal de Londrina um projeto de resolução que pretende criar o Banco de Ideias Legislativas. A iniciativa, de autoria do vereador Giovani Mattos (PSC), cria a ferramenta em que a população, associações, organizações não-governamentais, partidos políticos e entidades poderão apresentar, por escrito e via internet, sugestões para criação ou alteração de leis. Conforme o vereador, essas ideias poderão ser adotadas pelos parlamentares, comissões permanentes e Mesa Executiva na apresentação de proposições. A Comissão de Justiça deu parecer técnico favoravelmente e o projeto de resolução deve ser apreciado em plenário nas próximas semanas. 


Conta de luz

Um grupo de deputados estaduais assinou requerimento para que a Agepar (Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados do Paraná) cancele o reajuste na conta de energia previsto para vigorar a partir de 24 de junho. O aumento médio de 9,67% atinge consumidores da Copel. O texto foi proposto na Assembleia Legislativa pelo deputado Nelson Luersen (PDT) e já recebeu assinaturas dos deputados Luiz Claudio Romanelli (PSB), Professor Lemos (PT), Anibelli Neto (MDB), Boca Aberta Junior (Pros), entre outros. De acordo com a Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica), ainda haverá uma consulta pública sobre o índice de reajuste já autorizado para a tarifa da estatal paranaense. 


Aulas presenciais

O retorno de alunos da rede pública às escolas foi discutido na Assembleia Legislativa nesta quinta-feira (8) na audiência pública “Volta às aulas presenciais de forma segura”. O evento organizado pelo deputado Homero Marchese (Pros) reuniu pediatra, infectologista, psiquiatra e movimentos pela reabertura de escolas e colégios municipais e estaduais. Para a epidemiologista Maria Esther Graff, as crianças não são os principais vetores deste vírus. “Elas são menos sintomáticas e transmitem muito menos. Hoje, 90% dos casos nas escolas são trazidos por adultos, que são os transmissores, não as crianças. O risco da saúde mental é muito maior que o de uma criança contrair Covid na escola", defende a médica. 


Luisa Canziani cotada no MEC

Com apenas 25 anos, a deputada federal Luisa Canziani (PTB) tem sido cogitada para assumir o Ministério da Educação no lugar de Milton Ribeiro. O seu nome ganhou força nos últimos dias devido à visibilidade da jovem parlamentar nas pautas relacionadas à educação e  indicação do presidente da Casa, Arthur Lira (PP-AL), que é crítico da atuação do atual ministro. O assunto inclusive foi tema de matéria do jornal O Globo, publicada  na quarta-feira (7). Membro da Comissão de Educação e da Comissão Externa de Acompanhamento do MEC, entre outras comissões, Luisa Canziani é a deputada mais nova da atual legislatura. 

Como você avalia o conteúdo que acabou ler?

Pouco satisfeito
Satisfeito
Muito satisfeito

Últimas notícias

Continue lendo