As incertezas para 2020


AS INCERTEZAS PARA 2020

De uma hora para outra, parece que tudo desmoronou. Time rebaixado para a Série C, gestor ameaçando rescindir o contrato. Quais as perspectivas para o ano que vem? Até aqui, sem horizonte. Calendário tem – Copa São Paulo, Estadual, Copa do Brasil, Brasileiro da Série C, e também a Copa do Brasil Sub-19. Sem cota de TV, a CBF bancará apenas as despesas de viagem e estadia nos jogos da Série C. Receita de renda é bom esquecer. A média este ano foi ridícula. Sócio torcedor, aqueles 1.800 de sempre. Patrocinadores, são poucos. Não é pessimismo, não! É a pura verdade. Diante disso tudo, imaginem o gestor Sérgio Malucelli anunciando a sua saída? Já dá para antever um 2020 negro, pois ninguém em Londrina tem condições de tocar o barco.



VAI DAR CERTO?

O técnico Silvinho Canuto vai comandar o Londrina na Copa São Paulo, a partir do dia 2 de janeiro. E já foi anunciado como treinador para o Campeonato Paranaense que começará dia 19, com o Londrina recebendo o PSTC. Para Iniciar os trabalhos com a equipe profissional será contratado um auxiliar. Se o Tubarãozinho passar de fase – e tem time para isso – Silvinho só voltará lá pelo dia 10 ou 12. Espero estar errado.

TRISTE DESPEDIDA

Neste sábado (30), último jogo do Londrina na Série B. Vai enfrentar o Guarani, às 16h30, no Estádio do Café. Que pelo menos termine com uma vitória.


OCIMAR VAI SAIR?

O executivo de futebol da SM Sports, Ocimar Bolicenho, poderá deixar o Londrina depois da partida contra o Guarani. Se o gestor continuar, ele deverá voltar para a Série C. Para o seu lugar, assume João Severo.

COXA DEVE SUBIR

O Coritiba tem 94% de chances de acesso à Série A. América, 73%, e o Atlético-GO, 33%. O time alviverde só precisa de um empate neste sábado contra o Vitória, em Salvador. Só não sobe se perder e os dois concorrentes vencerem.

AMIGOS SE FORAM

Primeiro, Augusto Reis. Foi um brilhante narrador esportivo, era Interventor da Justiça do Trabalho no Londrina, conselheiro do clube. Na última quarta-feira (27), morreu na capital Airton Cordeiro. Mais de 50 anos no rádio, jornal e TV. Foi um dos mais aplaudidos narradores esportivos. Foi também deputado estadual e deputado federal constituinte.


Continue lendo


Últimas notícias