Doria costura acordo em SC e frustra apoio a Leite


“Criaram, sem lei específica, o crime de prescrever medicamentos a pacientes com Covid”

Janaina Paschoal ao comentar o “absurdo” que tem visto durante as sessões da CPI


Doria costura acordo em SC e frustra apoio a Leite 

A campanha de Eduardo Leite nas prévias do PSDB se frustrou com a ida a Santa Catarina. A esperança do governador gaúcho era que o diretório declarasse apoio à sua candidatura, mas ganhou um banho de água fria quando constatou que o rival João Doria, governador de São Paulo, costurou um acordo estável com os tucanos catarinenses. Desta forma, a região Sul não está fechada com Leite, como seus apoiadores anunciaram, empolgados com o apoio de velhos próceres do PSDB.


De cara com o muro

Eduardo Leite apostava em expressiva demonstração de força, com a esperada declaração de apoio do conjunto dos tucanos catarinenses.


Não houve discussão

O ex-senador Paulo Bauer questionou Marcos Vieira, dirigente do PSDB-SC, sobre a falta de discussão do tema no diretório catarinense. 


Lista de filiados

O tucano Bauer também pediu a lista do abaixo-assinado de filiados que teriam declarado apoio a Leite. 


Lummertez atuou

O movimento que frustrou teve o endosso do também catarinense Vinícius Lummertz, ex-ministro do Turismo e secretário de Doria.


Brasil vai superar o Reino Unido na vacinação

O Brasil ultrapassará na próxima semana as 240 milhões de doses aplicadas e 152 milhões de pessoas vacinadas, o equivalente a 71,3% da população, diz o vacinabrasil.org. O ritmo acelerado do Plano Nacional de Imunização fará com que o Brasil supere, nos próximos dias, o Reino Unido na proporção de vacinados. Britânicos estão com cerca de 71,7%, mas, ao contrário do Brasil, avançaram pouco no mês passado.


Oito vezes mais rápido

O Reino Unido iniciou o mês de setembro com 70,5% da população vacinada e terminou com 71,6%. O Brasil disparou de 62,8% para 71% no período.


Ficaram para trás

O Brasil ultrapassou os EUA em 25 de agosto, quando tínhamos 60%. Americanos fecharam setembro em 63,7%, segundo o Our World in Data


Próximo desafio

Primeiro ocidental a vacinar, o Reino Unido imunizou com duas doses ou dose única 65,7% da população ante 54,9% dos EUA e 43,1% do Brasil.


Olho em Alagoas

O comerciante Luciano Hang está bem informado sobre a política de Alagoas. O interesse se deu após a decisão de instalar em Maceió mais uma megaloja Havan, e tourear a agressividade da CPI do Senado.


É só adiar a vigência

O senador Angelo Coronel (PSD-BA) disse que a realização da reforma do IR em dezembro, último mês do exercício fiscal, “prejudica muito as companhias e indústrias”. É só adiar a vigência a 2022. Pior é não fazer.


Ministro só tem um

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, não foi exonerado, não se licenciou, trabalha à distância, tomando decisões, mas o noticiário se refere ao secretário-executivo, Rodrigo Cruz, como “ministro interino”.


Falta um ano

A partir deste sábado (2) falta exatamente um ano para as eleições de 2022. Segundo pesquisa Ipespe divulgada esta semana, 68% dos brasileiros têm algum (14%) ou muito (54%) interesse na eleição.


Kim teoria

Kim Kataguiri (DEM-SP) diz suspeitar de acordo entre Bolsonaro e STF para segurar processos contra ele em troca de não disputar a reeleição. “Senador, deputado federal, cargo que mantém foro privilegiado”, disse.


Golpe em Honduras

O golpe militar em Honduras completa 58 anos neste domingo. Dez dias antes de uma eleição, Oswaldo Arellano substitui Ramón Villeda Morales como presidente do país e inicia duas décadas de regime militar.


Medo vai passando

Pela primeira vez desde outubro, o Ipespe registra mais pessoas que “não estão com medo da pandemia” (30%) do que pessoas que estão “com muito medo” (28%). “Um pouco de medo” é a maioria, com 41%.


Liberdade de imprensa

A Comissão de Segurança da Câmara vai ouvir o jornalista Alexandre Aprá sobre as denúncias de perseguição política pelo governador do Mato Grosso, Mauro Mendes (DEM), e a primeira-dama, Virgínia Medes.


Pensando bem...

... tem político que, se estivesse no lugar de Queiroga, ia esticar a quarentena nos EUA até a Black Friday.


PODER SEM PUDOR

Zona excelente

 

Doria costura acordo em SC e frustra apoio a Leite
Enio
 

Disputando o governo do Paraná com Jaime Lerner, nos anos 1990, Alvaro Dias apresentou algumas propostas que considerava inovadoras, como a criação de certas “zonas de excelência industriais”. Dias chegou em Realeza e, claro, prometeu a plenos pulmões, em discurso, que levaria ao município uma “zona de excelência”. O prefeito o interrompeu, preocupado: “O senhor explique melhor essa história porque vai ter gente achando que ‘zona de excelência’ é bordel com cama redonda e espelho no teto...”

___

Com André Brito e Tiago Vasconcelos

www.diariodopoder.com.br


A opinião do colunista não representa, necessariamente, a da FOLHA

Como você avalia o conteúdo que acabou ler?

Pouco satisfeito
Satisfeito
Muito satisfeito

Últimas notícias

Continue lendo