AOS DOMINGOS PELLEGRINI -

Dia do cronista


.
. | Creativeye99/ iStock
 



Cresce a onda contra a banalização homenageatória das câmaras municipais, não só com títulos honorários como com dias comemorativos. Tem Dia da Alfabetização, tão importante, mas também Dia do Cachorro-Quente, como tem Dia do Sexo, do Sorvete e do Poeta, todos através de nobres e competentes resoluções legislativas, deputados suaram para termos mais dias comemorativos do que dias do ano.

Então porque não um Dia do Cronista? Porque não hoje? Pronto, aprovado por unicidade que esta passa a ser crônica comemorativa do Dia do Cronista. Que passa a conviver, em dezembro, com os dias do Enfermo e do Treinador de Futebol.




 O Dia do Cronista também conviverá com dias duplos no calendário, como 28 de janeiro, Dia do Auditor de Trabalho e também do Combate ao Trabalho Escravo, até combina. Em fevereiro, os cronistas conviverão com os dias da Gula, do Riso e da Saudade, além do Dia do Mágico.

Já 28 de fevereiro, último dia do mês mais curto, se vinga sendo Dia da Doença Rara e da Ressaca, não especificando o calendário se ressaca alcoólica ou marítima.

Em março, Quarta-Feira de Cinzas é só Quarta-Feira de Cinzas, ninguém quis homenagear ninguém nesse dia. Mas o DJ é homenageado no dia 9, o Consertador no dia 19, seja consertador do que for, e o Sogro no dia dia 10, a Sogra terá de esperar até 28 de abril.

Aliás, em abril todos sabem que tem o Dia da Mentira, dia primeiro, mas quem saberá que o Dia do Beijo e o do Office-Boy são no mesmo dia 13?


 E, para quem não pode usar como quiser o seu dia, o Dia do Presidiário não soa como ironia? E não parecem privilégios zoológicos o Dia do Boi, das Abelhas, do Cachorro e da Tartaruga?

 Surpresa: o Dia do Samurai!

 E se a Justiça do Trabalho acabar como tantos querem, continuará o Dia do Juiz Trabalhista?

 Certo é que tem dia que até parece discurso: Dia Internacional para o Direito à Verdade para as Vítimas de Graves Violações dos Direitos Humanos – ou Dia em Memória das Vítimas de Escravidão e do Comércio Transatlântico de Escravos.


 E, se você está achando esta crônica pura falta de assunto, saiba que só fuçando calendário poderá saber que a Ordem Demolay tem 500 mil adeptos no Brasil. É, conforme Tio Google, “a maior entidade juvenil do mundo, com 10 milhões de jovens entre 12 e 21 anos, organização para-maçônica de princípios filosóficos, fraternais e filantrópicos, fundada nos Estados Unidos em 1919. A ordem é inspirada na vida e morte do nobre francês Jacques de Molay, 23º e último Grão-Mestre da Ordem dos Templários, morto em 18 de março de 1314, queimado na fogueira junto com três de seus preceptores por contestar as falsas acusações de prática de diversas heresias como infidelidade à Igreja, sodomia, adoração de ídolos etc”. Ufa, viu como quando a gente pensa que sabe alguma coisa descobre que sabe muito pouco?


 Mas chega de diavagar. Agora importa é que, criado o Dia do Cronista, aproveitarei para pedir aposentadoria especial com pagamento de duas férias por ano, mais auxílio mensal, o auxílio-crônico, além dos quinquênios, se possível a cada três anos, o vale-alimentação premium e o vale-tudo-mais. Valeu?

Como você avalia o conteúdo que acabou ler?

Pouco satisfeito
Satisfeito
Muito satisfeito

Continue lendo


Últimas notícias