AOS DOMINGOS PELLEGRINI -

Chega de cadastro!


Você vê notícia interessante na net, tenta ler mas antes tem de fazer cadastro. É cadastro para tudo, cadastro demais, vivemos cercados de imposições cadastrais.


Numa feira de decoração, deparei com fila demorada no caixa, fui verificar, a demora era porque para comprar ingressos era preciso fazer cadastro. Reclamei mas a atendente, treinada para funcionar roboticamente, maquinalmente informou que só podia vender ingresso a quem fizesse cadastro. Perguntei para que o cadastro, ela ficou piscando atoleimada, como se eu tivesse perguntado porque o Saci tem uma perna só.




Pedi então para falar com alguém que explicasse porque eu tinha de perder tempo e dar informações pessoais, e fui levado a um arquiteto que explicou: era exigência da seguradora. Puxa, pensei, quer dizer que, se alguém roubar um objeto valioso da mostra, todos os cadastrados serão suspeitos, que bela investigação isso permitirá.


.
. | Nitrini/ iStock
 


Outro dia fui comprar tênis e, antes de pagar, soube que tinha de fazer cadastro. Aí tivemos um diálogo que Kafka decerto apreciaria:

- Não quero fazer cadastro.

- Mas é preciso cadastro, senhor, para efetivar a venda.

- Estou pagando à vista, então pra que cadastro?

- É norma da empresa, senhor.

- Mas a Constituição diz que ninguém será obrigado a fazer ou deixar de fazer senão em virtude de lei. Há alguma lei obrigando fazer cadastro?

- Não sei, senhor, sei que não posso efetuar a compra sem cadastro.


Fiquei pensando na burrice de quem treinou funcionários assim, porém, com uma ponta de piedade, falei que, se não podia comprar sem cadastro, ia deixar os tênis ali e passassem bem. Mas aí, como se anjos com trombetas descessem do céu para iluminar as mentes, o vendedor e a caixa confabularam aos cochichos e... – tchan tchan tchaaam! – disseram que, sendo assim, eu podia comprar sem cadastro.

Agradeci mas deixei os tênis lá, dizendo que podiam vender com desconto para quem concordasse em fazer dois cadastros, que tal? E noutra loja já avisei logo, só compraria se não tivesse de fazer cadastro e pronto, comprei os tênis, que funcionaram perfeitamente sem cadastro.


Claro que sei para que os cadastros: para passar a receber spans, anúncios em cascatas e convites em pencas. O cadastro é a chave para invasão de privacidade e propaganda abusiva, e, quando você faz mais um cadastro, alimenta essa rede que te enreda, tira teu tempo e enche tua paciência. É a ditadura do cadastro.

Então, como fizemos e faremos em toda ditadura, a solução é uma só: ABAIXO O CADASTRO! Divulgue, alie-se a este movimento, até porque não precisa cadastro.

Como você avalia o conteúdo que acabou ler?

Pouco satisfeito
Satisfeito
Muito satisfeito

Continue lendo


Últimas notícias