Luciana Pombo
De Curitiba
O vendedor autônomo Fadsuleiman Ahmad Mahamoud, de 58 anos, assassinou na noite de anteontem, por volta das 21 horas, a ex-mulher Enerlice Mahamoud, durante um culto evangélico na Vila Camargo, em Curitiba. O casal estava separado há seis anos, desde que Mahamoud vendeu todo o seu patrimônio em Guarapuava e gastou o dinheiro num cassino do Paraguai. O vendedor morava com os dois filhos do casal. A ex-mulher estava morando com outro homem, o comerciante Ivo Barbosa Lemos, de 55 anos, há um ano e meio.
Segundo as informações prestadas pelas testemunhas, Mahamoud resolveu entrar na igreja para matar o comerciante. Ele teria olhado para Lemos com ódio e saído em seguida. Ainda antes de terminar o culto, ele teria voltado e mostrado o revólver calibre 22 que portava. A ex-mulher o empurrou para fora da igreja para conversar, mas ele teria disparado cinco tiros em diversas direções. Dois atingiram Enerlice, um na região toráxica e outro na coxa esquerda. Os outros tiros acertaram a parede externa da igreja. Apavorado, ele fugiu.