Universidade adota sistema
semestral, alterando a grade
Os calouros que ingressarem neste ano na PUC/PR vão se submeter a um currículo totalmente remodelado para os 48 cursos oferecidos. As mudanças começam pelo regime de avaliação, que sempre foi anual e passa a ser semestral. Na prática, isto significa que o funcionamento dos cursos será semelhante ao da UFPR, onde os universitários fazem matrícula em cada disciplina semestralmente e são avaliados e aprovados – ou não – também por semestre. Os alunos já matriculados continuarão com o método antigo até completarem o curso. O novo sistema será implantado este ano apenas para os alunos do 1º semestre, até ser absorvido gradativamente em todos os anos.
A diferença entre a avaliação anual e mensal é que hoje os alunos têm cerca de 8 disciplinas por ano, e passarão a fazer 3 a 4 por semestre. A avaliação, que hoje é bimestral, será feita no mínimo 3 vezes por semestre. Uma das vantagens da avaliação semestral, segundo o reitor em exercício João Oleynik, é reduzir a evasão escolar.
Além desta mudança, a Universidade também está implantando uma nova metodologia de ensino. Para começar, as disciplinas passam a ser chamadas de Programas de Aprendizagem. ‘‘Os antigos conteúdos serão ministrados quando o aluno precisar e não separadamente, dando uma visão global do assunto e não mais fragmentado em disciplinas’’, explica a pró-reitora Acadêmica Neuza Ramos. Como exemplo, ela cita que as disciplinas de Anatomia, Citologia, Fisiologia e Histologia da área de Biomédicas passarão a ser ensinadas junto com outras disciplinas, à medida que os assuntos forem aparecendo.
O novo método também vai permitir que um aluno se matricule em um Programa de Aprendizagem de área diferente de seu curso. Assim, um aluno de engenharia, por exemplo, poderá ter aulas de Administração, se quiser. (M.G.)