UEL é a 24ª melhor universidade brasileira, aponta ranking

Neste ano foram classificadas 1,3 mil universidades em todo o mundo; no Paraná a instituição londrinense aparece em terceiro lugar

Reportagem local
Reportagem local

A UEL (Universidade Estadual de Londrina) foi considerada a 24ª universidade em todo o Brasil, a 3ª no Paraná, de acordo com o QS World University Ranking 2022, divulgado na terça-feira (8). Este ano foram classificadas 1.300 universidades em todo mundo, a maior comparação já realizada, considerando tópicos como Reputação Acadêmica (40%), percepção do empregador (10%), Proporção professor / aluno (20%), citações de pesquisas produzidas (20%) e proporção internacional de professores e estudantes, com peso de 5% cada.

 

UEL é a 24ª melhor universidade brasileira, aponta ranking
Roberto Custódio - 23-09-2020
 


Em termos numéricos a UEL teve ligeira queda em relação a 2020, quando apareceu na 17ª colocação. Para diretora de Avaliação e Informação Institucional da Proplan (Pró-reitoria de Planejamento), Elisa Emi Tanaka Carloto, isso se deve à pandemia do novo coronavírus e à consequente redução de estudantes nos cursos Lato sensu. Para se ter uma dimensão do volume, em 2020 a UEL chegou a registrar 1.900 estudantes nos 135 cursos de especialização e residência.


Além disso, houve  redução nos intercâmbios com instituições de ensino de outros países, que acabaram suspensos ou adiados pelas restrições sanitárias impostas pelo coronavírus. “Este impacto é uma consequência natural deste período atípico. Na pós-graduação o estudo não presencial ainda é um grande desafio. Muitos estudantes preferiram adiar os seus planos”, afirma a diretora, acrescentando que o mesmo fenômeno atingiu instituições em todo o mundo.



CLASSIFICAÇÃO RELEVANTE

Por outro lado, a professora acredita que a posição deste ano representa o resultado de muito esforço, de professores, estudantes e de toda a comunidade universitária, que se reinventou para manter as atividades neste período, conseguindo expressiva produção científica. “Fundamental lembrar que somos uma universidade estadual, no interior do Paraná, que tem proporcionalmente menor investimento do que instituições federais, por exemplo”, salientou. Ela afirma que a classificação precisa ser considerada relevante e demonstra a força dos pesquisadores que atuam aqui.


A professora lembra, ainda, que o levantamento QS considera a reputação acadêmica internacional como maior requisito, ouvindo avaliações de mais de 130 mil especialistas em todo o mundo. “Quando a universidade participa deste tipo de ranking, ela se abre para uma análise internacional especializada, o que indica a reputação que os pesquisadores paranaenses e londrinenses, reconhecidos e lembrados mundialmente”, afirma. Ela ressalta que vários egressos dos cursos de graduação e pós-graduação estão atuando em outros países.


NO PARANÁ

No Paraná, a melhor universidade avaliada é a UFPR (Universidade Federal do Paraná), que aparece na 14ª posição, seguida pela PUCPR (Pontifícia Universidade Católica), empatada com a UEL na 24ª colocação. A instituição brasileira melhor ranqueada é a USP, seguida da Unicamp. Em terceiro lugar aparece a Universidade Federal do Rio de Janeiro. (Com informações da Agência UEL)



Receba nossas notícias direto no seu celular. Envie também suas fotos para a seção 'A cidade fala'. Adicione o WhatsApp da FOLHA por meio do número (43) 99869-0068 ou pelo link wa.me/message/6WMTNSJARGMLL1

Como você avalia o conteúdo que acabou ler?

Pouco satisfeito
Satisfeito
Muito satisfeito
Assine e navegue sem anúncios [+]

Últimas notícias

Continue lendo