NetdealEvents
CIÊNCIA E SOLIDARIEDADE -

UEL doa máscara para lares de idosos de Londrina

Acessórios foram produzidos por professoras aposentadas da universidade e beneficiaram três instituições

Pedro Marconi - Grupo Folha
Pedro Marconi - Grupo Folha

Estampadas, com cores variadas e carregando dentro de cada pacote muita ciência e amor. Membros da UEL (Universidade Estadual de Londrina) entregaram, nesta quarta-feira (20), 700 máscaras para três instituições de longa permanência para idosos. A ação foi uma parceria do Nuestuel (Núcleo de Estudos em Saúde do Trabalhador da UEL) com o projeto de extensão “UEL pela Vida, contra o Coronavírus”. 


UEL doa máscara para lares de idosos de Londrina
 


A iniciativa surgiu a partir de uma pesquisa desenvolvida na instituição sobre as máscaras mais seguras no combate à Covid-19 e da demanda pelo produto. “Vi o preço das máscaras e refleti que, por mais baratas que pudessem ser, muitas pessoas não teriam condições de comprar e resolvemos fazer”, contou Renata Perfeito Ribeiro, uma das coordenadoras do Nuestuel. 




Os materiais foram comprados pelos participantes do grupo de pesquisa. A produção ficou a cargo de professoras aposentadas do Departamento de Enfermagem da universidade, além de voluntárias. “Elas se sentiram muito bem podendo ajudar desta forma. As professoras que não sabem costurar fizeram questão de colaborar comprando materiais.” 


RETORNO

A demanda das intuições de longa permanência foi levada pelo “UEL pela Vida, contra o Coronavírus”, que já está desenvolvendo ações com idosos. As máscaras foram confeccionadas com tecido 100% algodão e duplo e com modelos para homens e mulheres. Receberam os acessórios os idosos do Asilo São Vicente de Paulo, o Lar dos Vovôs e o Lar Maria Tereza. 


“Nós, pesquisadores, precisamos e estamos dando um retorno para a comunidade. É uma alegria muito grande poder ajudar e é nosso dever de casa enquanto universidade. É o dever cumprido”, valorizou Ribeiro. 


Coordenadora-geral do Asilo São Vicente de Paulo, Irmã Neusa Aparecida da Silva afirmou que os idosos ficam felizes quando percebem a preocupação com eles, mesmo que não estejam tendo contato com pessoas de fora do convívio. “É importante esse cuidado para enfrentar a pandemia”, destacou. A instituição recebeu 300 máscaras de pano. 


PELA VIDA

Junto com os acessórios, também foram entregues dez máscaras de acrílico para cada lar, doadas por uma empresa londrinense. Segundo Mara Solange Gomes Dellaroza, coordenadora do projeto “UEL pela Vida, contra o Coronavírus”, a ideia é entregar a máscara produzida na instituição para mais idosos. “Temos uma lista com cerca de 15 mil idosos que vivem sozinhos. Queremos chegar até eles, com segurança, para levar materiais necessários como as máscaras, álcool em gel e outros produtos”, elencou. 




O projeto de extensão tem atuado em várias frentes para ajudar o público interno e externo da universidade, como o “Disque Coronavírus”, com o trabalho de profissionais em unidades de saúde para colaborar na capacitação e enfermeiros e em postos policiais em rodovias da região. “Estamos ligando para os idosos que a Assistência Social nos passou para saber como estão e como podemos ajudar”, frisou Dellaroza, que também é pró-reitora de Extensão, Cultura e Sociedade da UEL. 

Como você avalia o conteúdo que acabou ler?

Pouco satisfeito
Satisfeito
Muito satisfeito

Continue lendo


Últimas notícias