Taxistas de SJP esperam definição Os taxistas que trabalham em São José dos Pinhais, Região Metropolitana de Curitiba, esperam para a semana que vem uma definição sobre a polêmica que envolve o trabalho da classe no Aeroporto Internacional Afonso Pena. Eles estiveram reunidos na quinta-feira com o prefeito do município, Luiz Carlos Setim, que prometeu para a próxima sexta-feira informar se vai ou não implantar o sistema de rodízio de táxis no terminal. Atualmente existem 75 taxistas trabalhando dentro do aeroporto e outros 120 que ficam responsáveis pelos outros pontos existentes na cidade. Estes últimos querem o direito de ter 30 carros trabalhando a cada semana no terminal. Se não forem atendidos, eles prometem novas manifestações.