Casada com o próprio irmão, sem nada saber

Fatos que o rádio às vezes descobre ou revela em quadros de programas em que ouvintes procuram por parentes ou para saber do paradeiro de mães, pais, irmãos e etc. Adriana, uma carioca, foi deixada pela mãe com o pai, porque ele era agressivo, bebia muito e a mulher não aguentou mais. E Maria, a mãe, sumiu. Passaram-se os anos. Adriana cresceu, o pai morreu, e ela casou-se, teve três filhos, e separou-se do marido. Tentou reconstituir sua vida e passou a viver com Leandro, o que já acontece há 7 anos. O casal teve uma filha, que está com 6 anos. Um dia, olhando os registros deles, Adriana notou a coincidência de nomes do seus avós, dela e dele. Foi a um cartório e conseguiu cópias dos registros de nascimento do marido e dela. E procurou a Rádio Globo, Rio, pedindo que o programa Anjos do Bem tentasse achar sua mãe. Encontraram e aconteceu o seguinte: a mãe, dona Maria, contou-lhe que Leandro era filho dela com outro homem, e que, portanto, Adriana está casada com seu irmão, por parte de mãe! E foi um choro só, me contou quem ouviu a história, muito humana. O que acontecerá com o casal? Acho que vão acabar vivendo como irmãos e etc. Tem filhos. O tempo dirá. Mas fica a lição: um casamento mal resolvido, mal estruturado, pode gerar uma terrível situação dessas, uma verdadeira bomba atômica na vida das pessoas. Que são seres humanos que sofrerão um baque emocional, sem dúvida. Deus que os ajude. No mais, fica o lembrete para os pais: quando se casar e colocar filhos no mundo, pense bem, antes de fazer qualquer bobagem ou tomar qualquer atitude que possa prejudicá-los. Ser pai é para sempre!


Imagem ilustrativa da imagem Social - Oswaldo Militão
A competente fonoaudióloga Viviane Odebrechet comemora aniversário hoje. É esposa do advogado e escritor Luciano Odebrechet, que é também professor de Direito.



Pesquisa mostra que o preço do metro quadrado da construção perdeu força, pelo sétimo mês consecutivo. Isso em São Paulo, e que deve refletir em todo o país. Mas o preço do metro quadrado de terreno continua mantido, com perspectivas de alta, dependendo dos locais.




O Ministério Público está investigando o leite Piá, que é do Rio Grande do Sul, e que estaria sendo vendido com álcool em suas tetra-paks. Indícios de álcool teriam sido encontrados no leite integral dessa marca. O leite Piá é vendido em alguns mercados de Londrina.


Imagem ilustrativa da imagem Social - Oswaldo Militão
| Foto: Divulgação
Recém-chegada de férias em Monte Carlo e nos Alpes Suiços, Andréia Ferro comemorou os 4 anos do filho Oscar, na escola em que o garoto estuda, a Maple Bear Canadian. O menino fala a língua dos pais, português e italiano, e está sendo alfabetizado em inglês. Os coleguinhas levaram deliciosos chocolates Lindt, como lembrancinhas da festa.



Médicos

Estão aniversariando neste início de agosto os seguintes médicos londrinenses: Adalberto Yukio Murakami, Mauro Takeda, Luis Alberto Fernandes, Marcos Augusto Valarini, João Luiz Bonini Camanhã, João Vioaney Barreto, Peterson Fabiano Bussadori, Priscila Garcia Figueiredo, Mary Kohatsu, Roberto Rodrigues Queiroz, Sérgio Storti Junior, Antonio Chiquetti Junior, Paulo Marcel Yoshii, Mauricio Gaeta, Gustavo de Alcântara dos Santos, Sandra Lucia Dias Barta e Waldir Canezin.




Jantar dançante está programado para o próximo dia 16, para comemorar os 30 anos da Pequena Missão para Surdos no Brasil, e que acontecerá no Buffet Arejo, cuja renda será revertida totalmente para a construção da Capela Nossa Senhora do Silêncio. Os convites estão à venda na loja 29 do Supermercado Mufato da Duque de Caxias. Mais detalhes poderão ser obtidos pelos fones 3337-1020 e 9156-1232.




A Unicef calcula que 370 mil crianças que ainda vivem nas regiões de guerra, de confrontos bélicos, vão precisar de ajuda e tratamento psicológico. Notadamente naquelas que vivem na Faixa de Gaza e arredores.




Livro de Iria Fabers

A escritora londrinense Iria Fabers foi convidada pela Editora Scortecci para lançar seu primeiro trabalho literário durante a 23ª Bienal Internacional do Livro em São Paulo, que está marcado para o período de 22 e 31 deste mês. O evento ocorrerá no pavilhão de exposições do Anhembi. Trata-se de um romance de ficção, que além de revelar uma linda história de amor, fala sobre a importância do cadastramento para doação de medula óssea. A sessão de autógrafos será no dia 24, das 13 às 15 horas. O site da escritora é www.scortecci.com.br


Imagem ilustrativa da imagem Social - Oswaldo Militão
| Foto: Fotos: Divulgação
Aposentados e amigos na AABB
Eles trabalharam juntos, foram dedicados funcionários de agências do Banco do Brasil aqui e em cidades da região. E sempre que podem se encontram em reuniões ou em jantares, sempre animados, como o que aconteceu na semana passada, na sede da AABB em Londrina. Estão na foto, a partir da esquerda, João Carlos Finardi, Paulo Guimarães e o presidente anfitrião Rosano Brunello.
Imagem ilustrativa da imagem Social - Oswaldo Militão
Também na confraternização dos aposentados do Banco do Brasil, as presenças de Simone de Andrade, Aldenir Antônio da Silva, Anibal Rumiatto, João Carlos Finardi (que foi superintendente do BB) e Lourdes Demarchi. Sábado, na mesma AABB, será realizado o Baile do Chope em comemoração ao Dia dos Pais.

Imagem ilustrativa da imagem Social - Oswaldo Militão
| Foto: Ciro Carlos/Divulgação
Brito Junior e Rosana Cardoso em recente acontecimento social no Iate Clube de Londrina, onde o casal encontrou vários amigos

Imagem ilustrativa da imagem Social - Oswaldo Militão
| Foto: Divulgação
O pioneiro Ilezer Zanoni
Ele nasceu em 10 de agosto de 1918, em plena 1ª Guerra Mundial, na cidade paranaense de Ribeirão Claro. Em 1928, Ilezer Zanoni, na foto, que fará 96 anos domingo, mudou-se com a família para Londrina. A cidade começava a ser loteada pela Cia. de Terras, que tinha à frente o engenheiro Aristides de Souza Mello. Foi morar com seus familiares, onde hoje é o conjunto Cafezal 1. É casado com dona Rute, que está com 91 anos. O casal teve 17 filhos. No dia 28 de setembro farão 70 anos de feliz matrimônio. Conta que foi o primeiro eleitor a votar para prefeito municipal e elegeu Hugo Cabral, que era uma excelente e honrada pessoa. E faz questão de votar até hoje, pois fez juramento à Bandeira de cumprir sua responsabilidade cívica. Ele contou-nos que também trabalhou como charreteiro em Londrina, no ponto da Praça Rocha Pombo. Havia mais de 90 charretes, que era o transporte mais fácil e barato da época e que enfrentava o barro das ruas da cidade. Ele levou muitos médicos à casa de pessoas doentes, que precisavam de atendimento. E os médicos iam com a maior das boas vontades.



Os primeiros para ele

O senhor Ilezer Zanoni gosta de usar gravata e chapéu, como os londrinenses dos primeiros tempos da cidade. Mantém sua elegância até hoje. Perguntado, disse que o primeiro médico da cidade para ele foi Adolfo Barbosa Gois. Depois citou os irmãos Figueiredo, doutor Clímaco (sempre de terno branco), Carlos Costa Branco e os dois Joninhas. Entre as primeiras farmácias, lembra a São Sebastião, que ficava perto de Irmãos Fuganti. Disse que foi o padre Antônio Paulo César que celebrou seu casamento, ainda na Igreja Matriz de madeira. O fotógrafo Juliani tirou as fotos. Elogiou o saudoso cartorário José de Oliveira Rocha, o primeiro tabelião de Londrina (Cartório Rocha) que, comentou, atendia a todos com muita educação e paciência. Zanoni lembrou ainda que trabalhou como inspetor de quarteirão, no tempo do famoso delegado Capitão Aquiles Pimpão, que era temido pelos ladrões e outros bandidos, que faziam o possível para não vir a Londrina, porque tinham medo do purgante que o Capitão dava a eles. Lembrou-se da Vila Casoni e da Vila Nova, as duas primeiras da cidade. E gostava de ir ao cinema, encontrar amigas na Avenida Paraná e bater aquele papo. Ilezer Zanoni daria um ótimo livro de memórias.


O chef Alexandre Gimenez está fazendo sucesso no Espaço Gourmet, que fica próximo ao Iate Clube de Londrina. Como se sabe, ali esteve, recentemente, o francês chef Laurent, dando curso de patisserie.

Imagem ilustrativa da imagem Social - Oswaldo Militão
| Foto: Divulgação
Segundo Familião será dia 9
Está marcado para o próximo sábado, dia 9, na Paróquia Nossa Senhora Auxiliadora (Dom Bosco) o Segundo Familião, promovido pela Pastoral Familiar. O evento integra a Semana Nacional da Família. Dom Orlando Brandes, arcebispo da cidade, rezará missa e haverá show com o cantor e missionário Eugênio Jorge, na foto. Ele é cantor há 30 anos e missionário e fundador da Missão Mensagem Brasil, sediada em Cruzeiro (SP). As atividades serão iniciadas às 14 horas, com workshops separados para crianças, adolescentes, jovens e adultos. A missa campal será às 18h30.



Aqui em Londrina, bem como em vários locais do estado, há dezenas de carros e motos apreendidos ou acidentados, que continuam apodrecendo, esperando por decisões judiciais. E são alvos de furtos, quase toso os dias, comentam policiais, e tornam-se também verdadeiros criatórios de ratos, mosquitos, e até cobras já apareceram.




Moradores de Londrina acham que a campanha eleitoral aqui está muito devagar. Pelo que parece, os candidatos acreditam no poder do tempo que terão na televisão.