Betânia Rodrigues
De Londrina
Especial para a Folha
A tendência dos vestibulares é aumentar a interdisciplinariedade das questões e aproximá-las da realidade. A afirmação é dos professores Zamba e Tico, do Curso Pré-Vestibular Seta Fundamental de Londrina, escola que lançou ontem, junto com a Folha, o primeiro simulado do vestibular de verão com 94 questões de química, biologia, português e uma redação.
Essa mudança segue determinações do Ministério da Educação (MEC), que também sugere o mesmo caminho aos professores do ensino médio. ‘‘É uma forma de estimular o raciocínio do candidato e acabar com a idéia de que vestibular é só decoreba’’, disse Tico.
Segundo eles, a Universidade Estadual de Londrina (UEL) aderiu à idéia no vestibular de julho do ano passado. A Universidade de Campinas (Unicamp) e a Universidade de São Paulo (USP) foram as primeiras a se adaptar às novas exigências do mercado de trabalho. ‘‘O objetivo é preparar melhor o profissional do futuro.’’
Dentro desse contexto os simulados funcionam como uma referência para os alunos. A partir da resolução dos problemas propostos por eles, os alunos podem avaliar seus conhecimentos, saber quais as áreas que necessitam de mais estudo e quais os temas que estão em alta.
Sandra Akemi Tayama acabou de concluir o ensino médio e há um mês e meio vem assistindo aulas de revisão. Para ela, os simulados estão sendo muito úteis e por isso respondeu as questões preparadas pelo Seta e publicadas ontem no Caderno Cidades (confira as respostas no gabarito ao lado). Hoje, será a vez de matemática e física e amanhã, história, geografia, inglês/espanhol.
‘‘Vou tentar resolver todos e conferir os gabaritos’’, disse Sandra que é candidata a uma vaga de psicologia na UEL. Carolina Belomo vai fazer o mesmo, mas não está muito confiante na aprovação. ‘‘É o primeiro vestibular que estou prestando pra valer. A concorrência para fisioterapia está muito alta e acho que não estou tão bem preparada.’’
Raphael Augusto Correa já é mais experiente no assunto. No próximo final de semana, ele passa pelo quarto vestibular de sua vida. Nas três vezes anteriores ele tentou uma vaga em medicina, mas este ano optou por fisioterapia. ‘‘Quero entrar na faculdade de qualquer jeito’’, admite.
Sua colega de sala Queila Aparecida da Silva é mais persistente. Vai tentar mais uma vez a carreira de medicina. Ambos só vão prestar o vestibular da UEL e acreditam que os simulados servem como uma preparação psicológica para a prova. ‘‘Sempre que posso, procuro me informar sobre tudo o que envolve o tema para estar atualizada’’, disse Queila.
De acordo com Zamba, agora não há tempo para aprender conteúdos novos. O ideal é revisar o que já foi estudado e não entrar em desespero. Na véspera das provas, ele aconselha os candidatos a relaxar um pouco para aliviar a tensão. ‘‘O nervosismo só atrapalha. A autoconfiança é fundamental para o bom desempenho nas provas.’’
Como professor de química, ele acredita que os vestibulares deste ano devam propor questões relativas à termoquímica, equilíbrio e radiações. Em biologia, Tico aposta na ecologia, com ênfase na poluição; citogenética (citologia e engenharia genética) e fisiologia vegetal. O professor de português Luciano Lara Leite afirma que para obter um bom resultado na prova o candidato deverá prestar muita atenção nos enunciados.
‘‘A boa interpretação é fundamental não só para resolver questões de português, mas todas as outras. Para isso, o aluno deve manter o hábito da leitura e estar atualizado sobre as diversas áreas do conhecimento’’, afirmou Leite, que trabalha com vestibulandos há mais de 16 anos.Folha traz gabarito das questões de ontem e publica na edição de hoje simulado de matemática e física
Josoé de CarvalhoESFORÇO EM GRUPOEstudantes e professores respondem questões do simulado publicado pela Folha: oportunidade para avaliar conhecimentosJosoé de CarvalhoProfessor Luciano Leite: interpretação é fundamentalJosoé de CarvalhoCarolina Belomo: primeiro vestibular ‘pra valer’Josoé de CarvalhoZamba: hora de revisar e não entrar em desesperoJosoé de CarvalhoSandra Akemi vai responder a todas as questões do simulado