|
  • Bitcoin 150.597
  • Dólar 5,0617
  • Euro 5,2708
Londrina

Cidades

m de leitura Atualizado em 29/03/2022, 17:39

Reabertura do Hospital São José marca o aniversário de Carlópolis

Após sete anos de portas fechadas, o hospital será reinaugurado em 2 de abril, atendendo 22 municípios do Norte Pioneiro

PUBLICAÇÃO
quarta-feira, 30 de março de 2022

Micaela Orikasa - Grupo Folha
AUTOR autor do artigo

menu flutuante
Unidade de saúde contará com atendimentos em diversas especialidades Unidade de saúde contará com atendimentos em diversas especialidades
Unidade de saúde contará com atendimentos em diversas especialidades |  Foto: Divulgação/Prefeitura de Carlópolis
 

Com o Hospital São José de portas fechadas nos últimos sete anos, os moradores de Carlópolis, no Norte Pioneiro, deixaram de contar com muitos atendimentos em saúde, especialmente na área de obstetrícia. Ao longo deste período, o município manteve um pronto atendimento 24 horas onde eram atendidos os casos de urgência e emergência. Os casos mais graves ou de internamentos eram encaminhados para hospitais de referência em cidades vizinhas.

Unidade de saúde contará com atendimentos em diversas especialidades Unidade de saúde contará com atendimentos em diversas especialidades
Unidade de saúde contará com atendimentos em diversas especialidades |  Foto: Divulgação/Prefeitura de Carlópolis
 

Mas agora, junto com as comemorações dos 115 anos de emancipação político-administrativa do município no dia 2 de abril, o hospital reabre as portas para ser uma referência na região e atender os 22 municípios da 19ª Regional de Saúde. A unidade contará com atendimentos nas seguintes especialidades: ginecologia, urologia, vascular, otorrinolaringologia, ortopedia, oftalmologia, cardiologia, gastroenterologia, pediatria, obstetrícia e anestesiologista.  

Segundo Glauber Garbim, do CIS (Centro Integrado em Saúde), empresa vencedora da licitação para a gestão do hospital, a implementação dos serviços compreende três fases, sendo a primeira o pronto-socorro, a segunda será a maternidade e a terceira e última os atendimentos especializados e as cirurgias eletivas. O CIS já faz a administração de outros três hospitais nas cidades de Santa Mariana, Faxinal e Quatiguá. 

O contrato de concessão foi assinado em 28 de fevereiro e tem a duração de 20 anos. Ainda de acordo com Garbim, o hospital está inserido no teto MAC (Média e Alta Complexidade), voltado para atendimento tanto emergencial quanto cirúrgico eletivo. “Vale ressaltar que todo nosso atendimento em qualquer unidade segue os mesmos princípios de qualidade, resolutividade e gratuidade ao usuário, sendo 100% SUS”, afirma.  

PARTOS 

A reforma do Hospital São José foi concluída em abril de 2021 e no início deste ano foi realizado o processo licitatório para a concessão de uso do prédio. “A expectativa é a melhor possível, um desejo do povo que aguarda com grande ansiedade a reabertura do Hospital São José, totalmente reformado, ampliado e equipado. Agora todo esse patrimônio pertence ao município. Prevemos reduzir em 90% os deslocamentos de pacientes em busca de atendimento em outros municípios”, ressalta o prefeito Hiroshi Kubo. 

Entre os atendimentos, o setor de Obstetrícia é um dos mais aguardados. “Há sete anos não nasce um carlopolense. Por essa razão, a obstetrícia é uma das principais prioridades do novo hospital. Hoje, as gestantes têm que se deslocar até o Hospital Regional, em Santo Antônio da Platina, distante 54 quilômetros para realizarem seus partos. Houve, inclusive, casos de partos ocorridos durante o deslocamento. Com a ativação da parte obstétrica daremos mais conforto e segurança para nossas gestantes e seus familiares”, afirma. 

SONHO RESGATADO 

Fundado em 1971, nas dependências do atual Centro de Saúde Municipal, o hospital de Carlópolis foi um sonho realizado pela Associação Beneficente Educacional e Cultural das Irmãs de Santa Catarina e Medéias. Anos depois, em um movimento liderado pela Madre Superiora Adorema Ana Rech, iniciou-se os planos de construção de um imóvel que pudesse abrigar o futuro Hospital São José. 

A Prefeitura Municipal doou um terreno de mais de 19 mil metros quadrados e com as doações de moradores, políticos, agricultores e comerciantes, deu-se início à construção do hospital em 1975. Ao longo de quatro décadas, as irmãs da Associação Beneficente foram responsáveis pelos atendimentos, mas as dificuldades financeiras começaram a comprometer o funcionamento da unidade.  

Em 2011, as irmãs decidiram repassar o gerenciamento do hospital para uma empresa, diante do pagamento à associação de um valor referente à locação do imóvel. Sem acordo com a administração municipal na época, a Prefeitura entrou com um mandado de segurança requerendo a administração do hospital e nomeou um interventor para gerir os atendimentos. 

Em pouco tempo, o hospital que realizava internamentos, partos e cirurgias passou a ser apenas um Pronto Atendimento. Foi quando os pacientes de Carlópolis começaram a ser encaminhados a outras cidades em busca de tratamento. Em 2017, o atual prefeito Hiroshi Kubo negociou com as irmãs a aquisição do imóvel no valor de R$ 2,3 milhões. Mas para voltar às atividades era preciso investir outros R$ 6 milhões em uma grande reforma, dentro das normas de vigilância sanitária.  

Com a venda de terrenos ociosos da Prefeitura e ajuda do governo estadual, foi possível investir em uma ampliação para o hospital para a instalação de um centro diagnóstico. Os recursos foram liberados em 2019 e, por meio de um processo licitatório, a construtora Alvorada ficou responsável pela reforma de 1.753,55 m² do antigo prédio que abrigava o Hospital, mais a construção do Centro de Diagnóstico (249,43 m²) e do heliponto (300 m²). 

De acordo com Kubo, com o pleno funcionamento de todas as áreas de atendimento previstas, serão abertos cerca de 80 novos empregos diretos no município. “Com o hospital terceirizado teremos melhorias também na Atenção Primária porque permitirá ao município fazer o remanejamento dos profissionais efetivos e dos concursados que estavam até então no Pronto Atendimento, reforçando os atendimentos nas UBS. A Saúde do município de Carlópolis como um todo, passará por uma grande transformação.”

Receba nossas notícias direto no seu celular! Envie também suas fotos para a seção 'A cidade fala'. Adicione o WhatsApp da FOLHA por meio do número (43) 99869-0068 ou pelo link wa.me/message/6WMTNSJARGMLL1