Quase 60% de shopping de Maringá fica destruído depois de incêndio


Isabella Alonso Panho - Estagiária*
Isabella Alonso Panho - Estagiária*

.
. | Divulgação/Corpo de Bombeiros
 



Depois de ser atingido por um incêndio de grandes proporções na madrugada desta segunda-feira (10), 58% da área de um shopping atacadista na zona oeste de Maringá (noroeste) ficou destruída. A informação, publicada pelo Corpo de Bombeiros, é de que 20 dos 34 mil metros quadrados do prédio foram atingidos pelas chamas.


O incêndio começou por volta das 3h. De início, dadas as proporções, foram deslocados três caminhões-pipa e uma carreta tanque com 25 mil litros de água. 




.
. | Divulgação/Corpo de Bombeiros
 



Um dos motivos pelos quais o incêndio demorou para ser contido seria a impossibilidade de acesso à parte interior do prédio, que corria risco de desabamento. 


Durante a ação, 3 bombeiros necessitaram de atendimento médico: o primeiro foi atingido por vidros e machucou o ombro, o segundo teve uma luxação no joelho direito e o terceiro se intoxicou com a fumaça. 


Em nota publicada nas redes sociais na tarde desta segunda, o shopping informou que não há civis feridos e que ainda não sabe a causa do incêndio.



Ao longo do combate, que durou 9h, mais dois caminhões foram necessários. Ao todo, foram utilizados 130mil litros de água e 66 bombeiros participaram da operação. 


No início da madrugada desta terça-feira (11), os bombeiros informaram que o rescaldo permanece com guarnições de serviço em regime de escala. O emprego de maquinário para maior efetividade do rescaldo está sendo providenciado pelo shopping.


O Avenida Fashion divulgou, no fim da manhã, uma nota com atualizações a respeito do incêndio. De acordo com levantamento preliminar, as lojas de 83 marcas foram comprometidas pelo incêndio, enquanto outras 65 ficaram intactas, além dos espaços vacantes, que também não foram atingidos pelo fogo.


"A administração do shopping comunica que aguarda o laudo que deverá ser emitido pela Defesa Civil no dia de hoje, para confirmar e extensão dos danos.


Ao mesmo tempo em que aguarda esse laudo, o Avenida Fashion vem trabalhando junto aos lojistas por meio de um canal direto de comunicação para oferecer apoio e informação adequada neste momento desafiador".


O shopping também agradecemos à sociedade maringaense pelas orações e por todo apoio que vem manifestando pela hashtag #forçafashion nas redes sociais.


"Lamentamos profundamente o ocorrido e estamos certos de que juntos, iremos superar esse momento o mais rápido possível".


Atualizada às 11h40.




*Sob supervisão de Larissa Ayumi Sato.

Como você avalia o conteúdo que acabou ler?

Pouco satisfeito
Satisfeito
Muito satisfeito

Tudo sobre:

Últimas notícias

Continue lendo