|
  • Bitcoin 151.337
  • Dólar 5,0617
  • Euro 5,2630
Londrina

Cidades

m de leitura Atualizado em 10/05/2022, 19:18

Prefeitura de Londrina quer empréstimo de R$ 100 milhões para obras

Projeto enviado à Câmara justifica financiamento para melhorias de mobilidade urbana, pavimentação e infraestrutura fundiária

PUBLICAÇÃO
terça-feira, 10 de maio de 2022

Pedro Marconi - Grupo Folha
AUTOR autor do artigo

menu flutuante

A Prefeitura de Londrina protocolou nesta semana na Câmara de Vereadores projeto de lei que pede autorização para contratar um empréstimo de até R$ 100 milhões da Caixa Econômica Federal, por meio do programa Finisa (Financiamento à Infraestrutura e ao Saneamento). O município quer o dinheiro para promover obras de melhorias no sistema viário e também executar serviços de infraestrutura previstos nos projetos de regularização fundiária. 

vista aerea da cidade de londrina feitas no dia da comemoracao aos 79 anos do aeroclube de londrina. foto roberto custodio - folha de londrina - 26/01/2020 vista aerea da cidade de londrina feitas no dia da comemoracao aos 79 anos do aeroclube de londrina. foto roberto custodio - folha de londrina - 26/01/2020
vista aerea da cidade de londrina feitas no dia da comemoracao aos 79 anos do aeroclube de londrina. foto roberto custodio - folha de londrina - 26/01/2020 |  Foto: Roberto Custódio
 

No documento, o Executivo justifica o pedido pelo crédito suplementar dizendo que pretende “levar infraestrutura para bairros que não têm asfalto” e também realizar “duplicações em importantes vias e construir novas avenidas, criando novos ramais de desenvolvimento da cidade”. “Por fim, faremos o recape asfáltico em centenas de vias, principalmente em bairros, vilas, conjuntos habitacionais e distritos da zona rural”, pontua o texto assinado pelo prefeito Marcelo Belinati (PP). 

Entre as obras de mobilidade urbana listadas estão a continuação da avenida Waldemar Spranger, a partir do viaduto da PR-445 até a avenida Maria Alves Bérgamo, na zona sul; prolongamento da avenida Otávio Genta, que passa por detrás de edifícios localizados abaixo do campus Catuaí da Unopar, também na zona sul; adequação da marginal da 445, perto do terminal do Acapulco; duplicação da avenida Juvenal Pietraróia, no Jardim Colúmbia, na zona oeste; e construção da avenida Constantino Pialarissi (nas proximidades dos condomínios horizontais da zona sul). 

Na parte de pavimentação foram indicadas para receber intervenções as ruas do entorno da Usina Três Bocas; seis vias do distrito de Irerê; e outras ruas dos distritos da Warta, Espírito Santo e Lerroville. Belinati não elencou na proposta em quantos anos pretende quitar o financiamento.

Liderança de Belinati inicia articulação para aprovar empréstimo da Caixa

O líder do prefeito Marcelo Belinati (PP), Fernando Madureira (PTB), já desenhou a estratégia para convencer os outros vereadores a aprovar o pedido de empréstimo da Caixa Econômica Federal de R$ 100 milhões para obras na cidade. 

O projeto foi protocolado no início da semana pelo Executivo e ainda vai passar pelas comissões antes de seguir para votação em plenário. 

Em entrevista à FOLHA, Madureira descreveu como será a articulação no Legislativo para aprovação do texto. “Vou ressaltar a importância dessas obras para o município e como os londrinenses serão beneficiados”, comentou.
(Rafael Machado/Reportagem Local)

Receba nossas notícias direto no seu celular! Envie também suas fotos para a seção 'A cidade fala'. Adicione o WhatsApp da FOLHA por meio do número (43) 99869-0068 ou pelo link wa.me/message/6WMTNSJARGMLL1.