A polícia da região de Maringá procura um assaltante que se veste de ‘‘ninja’’ e já atacou vários postos e praças de pedágio nos últimos três meses. Pelo porte físico descrito pelas vítimas, se trata da mesma pessoa, um homem branco, baixo e sempre vestindo luvas, capuz e roupas pretas. O modo de ação também é o mesmo. O assaltante chega a pé, rende o frentista do posto ou o atendente do pedágio, rouba o que tem no caixa e desaparece no meio de plantações, ou de matagal na beira da estrada.