PM distribui pulseiras
para identificar criança
A Polícia Militar está distribuindo 50 mil pulseiras de identificação para as crianças que estão nas praias do litoral paranaense. A ação está sendo realizada, em conjunto com a iniciativa privada, pelo terceiro ano consecutivo. A distribuição é dirigida principalmente aos pais com filhos menores de 10 anos. Nas pulseiras os PMs preenchem os nomes da crianças, um telefone para contato e o endereço de onde elas estão hospedadas no litoral.
A medida evita que, em dias de maior movimento, as crianças se percam dos pais ou acompanhantes e os policiais demorem para encontrá-los. ‘‘Quando a praia está movimentada, qualquer momento de distração pode fazer com que as crianças se percam ou se afastem do local onde os pais estiverem. Como elas têm pouca noção de distância, acabam não conseguindo voltar’’, alertou o tenente Valdecir Capelli.
Ele contou que em anos anteriores registrava-se uma média de sete a oito crianças perdidas nos finais de semana durante o verão. Na temporada passada, em todas as praias paranaenses, 58 crianças foram encontradas por PMs e devolvidas aos pais.
Os policiais que fazem o patrulhamento a pé ou de bicicleta e aqueles que ficam nas torres de observação na beira do mar são os responsáveis pela entrega e o preenchimento das pulseiras. ‘‘O curioso é que muitas crianças sabem que temos as pulseiras e pedem para os PMs que as coloquem assim que os vêem por perto’’, disse Capelli.
A vendedora Cláudia Ferreira, que não sabia da distribuição das pulseiras, disse que a medida é ‘‘ótima’’ porque deixa os pais mais tranquilos para curtir a praia. ‘‘Venho com meus dois filhos (Tiago, 4 anos, e Stefanie, 2) à praia duas vezes por dia e eles correm o tempo todo. Com eles usando as pulseiras, se acontecer algum problema, estarei mais tranquila’’, garantiu.