Parcerias garantem estágio Silvana Leão De Londrina Os alunos dos cursos do Centro de Ciências da Saúde (CCS) da Universidade Estadual de Londrina (UEL) terão, a partir deste ano, a oportunidade de conhecer melhor a realidade que irão enfrentar em sua vida profissional. Anteontem à noite foi assinado, no Anfiteatro do Hospital Universitário (HU), um termo de cooperação com várias instituições para garantir um estágio diferenciado a estes estudantes. De início, os principais envolvidos no programa são os alunos do 3º ano de medicina, primeiro curso a ter o currículo reformulado. Estes alunos serão os pioneiros do Ensino Baseado em Problemas (PBL), que está sendo iniciado na UEL. ‘‘Somos a primeira universidade e a segunda escola de medicina do Brasil a implantar este tipo de currículo’’, lembra o diretor do CCS, Pedro Gordan. A idéia da iniciativa, segundo o médico, é diversificar os cenários oferecidos ao aluno e integrá-lo à ponta do processo, evitando que ele fique restrito ao ambiente de um hospital terciário (no caso, o Hospital Universitário). O termo de cooperação foi assinado entre o CCS, Unimed, Prefeitura de Ibiporã, Autarquia Municipal de Saúde de Londrina e 17ª Regional de Saúde. Estas instituições estão sendo chamadas de unidades colaboradoras de ensino dos profissionais de saúde. Pelo acordo, os 80 alunos serão divididos em grupos que farão estágio em várias instituições, durante um ano, fazendo um rodízio na metade deste período. Serão 24 alunos em Ibiporã, participando do Programa Saúde da Família; 12 estarão no Programa de Internação Domiciliar da Unimed; quatro no Hospital da Zona Norte e outros 12 no Hospital da Zona Sul; seis na Maternidade Municipal; quatro no Centro de Saúde, onde atuarão no atendimento a adolescentes oferecido pela prefeitura (CRAAL); e os demais distribuídos em oito unidades básicas de saúde de Londrina.