A escritora Naici Vasconcelos, de Arapongas (37 km a oeste de Londrina), quer resgatar imagens sexagenárias da formação da cidade através de painéis instalados na frente de modernos edifícios. A iniciativa faz parte das comemorações dos 53 anos de emancipação política do município, completados anteontem.
A inauguração do primeiro painel, instalado na fachada da agência do Bradesco, na esquina da Avenida Arapongas com a Rua Andorinhas, estava marcado para a noite de ontem, em uma cerimônia que contaria com a presença do presidente do Bradesco, Márcio Artur Laurélio Cypriano.
O painel tem três metros de largura, 1,80 metro de altura e foi feito de lona para resistir ao sol forte, a chuva e aos ventos. Traz a imagem do prédio em madeira da venda do colonizador francês Renet Cellot, construído em 1935 e considerado o marco zero da cidade. Uma placa em metal na base do painel explica a importância do prédio. A confecção foi custeada pela agência local do Bradesco, que também está comemorando 53 anos.
‘‘Foi também o primeiro posto de combustível da localidade. Era um ponto de encontro dos pioneiros. Funcionava como agência dos Correios, já que tomo mundo passava por lá. Era o símbolo do acolhimento a quem chegava’’, conta Naici, 43 anos, filha do pioneiro Lázaro da Cunha Vasconcelos, operário da primeira serraria da cidade.
O objetivo de Naici é espalhar outros painéis em 30 pontos da cidade, com a imagem do local na época da colonização. Os painéis fazem parte do projeto ‘‘Resgate à Memória de Arapongas’’, desenvolvido por Naici desde 1986. O projeto tem apoio da prefeitura e inclui ainda três livros da escritora, que ajudam a explicar o modelo de ocupação da área urbana e como se deu os ciclos madeireiro, cafeeiro e moveleiro do município.
Naici está negociando a instalação dos próximos painéis nas fachadas da agência do Banco Itaú (onde funcionou a primeira farmácia) e do HSBC (o primeiro cinema).
As comemorações do aniversário do município prosseguem por todo o feriado prolongado. A partir das 9 horas de hoje, será iniciado o Desfile da Comunidade, com a presença de estudantes e da Banda Municipal. Na Praça do Santuário, a partir das 14 horas, será realizado o último Show da Criança.
À noite, no pátio do ginásio poliesportivo Luiz Augusto Zin, começa a Festa da Cidade. O evento termina domingo e reúne shows musicais, teatrais, barracas de artesanato, de comidas típicas e parque de diversões. No sábado, a atração será o Concerto de Aniversário, com o Coral Municipal. A apresentação está marcada para as 20 horas, no Cine Mauá.