Foi sepultado ontem de manhã, no cemitério municipal de Rancho Alegre (60 km a oeste de Cornélio Procópio), o corpo da menor Amanda Caroline Brito, 2 anos, que morreu vítima de espancamento. Os acusados são a mãe da menina, Jane Ferreira de Brito, 19 anos, e o companheiro dela, Luciano Ramos, 20 anos. O crime aconteceu no domingo, por volta das 12 horas, em São Jerônimo da Serra (105 km ao sul de Londrina). Amanda morreu na noite do mesmo dia, no Hospital Infantil de Londrina.
A mãe da menor foi detida anteontem, no início da tarde, após confessar ter participado do espancamento, durante o depoimento ao delegado Adair de Oliveira, em São Jerônimo da Serra. Luciano Ramos fugiu na madrugada de segunda-feira, quando policiais militares o encaminhavam para a delegacia para ser ouvido sobre o crime.