Paciente com Covid-19 faz Hospital Evangélico fechar pronto-socorro


Vitor Struck - Grupo Folha
Vitor Struck - Grupo Folha

Após anunciar a suspensão do atendimento no pronto-socorro por três dias como medida para conter um possível surto de Covid-19, a diretoria do Hospital Evangélico de Londrina explicou quais serão os procedimentos que vão ser adotados ao longo desta semana. Atualmente, a instituição possui oito pacientes internados com diagnósticos positivos para a Covid-19 e outros quatro que ainda aguardam os resultados dos exames, e já é a segunda de Londrina a adotar o fechamento preventivo. 


Paciente com Covid-19 faz Hospital Evangélico fechar pronto-socorro
Marcos Zanutto/10-12-2019
 


A decisão, comunicada pela assessoria em nota enviada à imprensa, foi tomada depois da confirmação de que um paciente contraiu o novo coronavírus. Segundo a entidade, a medida visa proteger a segurança dos demais internados e colaboradores. 



 

De acordo com o gerente médico do Hospital Evangélico, Rodrigo Bettega, a ala de pronto-atendimento da instituição passará por uma desinfecção completa uma vez que recebeu na noite desta quinta-feira (21) um idoso de 84 anos transferido de Santo Antônio da Platina pela Central de Leitos da 17ª Regional de Saúde. Diagnosticado com pneumonia, sepse e embolia pulmonar e com exame inicial negativo para a Covid-19, o idoso teve a contaminação pelo novo coronavírus confirmada na noite desta segunda-feira, quando o hospital de origem entrou em contato com o Evangélico.   


Segundo o gerente, as próximas 72 horas serão de muito trabalho no hospital, o que envolve a testagem de todos os funcionários e o encaminhamento dos pacientes que estavam no PS, seja para cirurgias ou outras alas da instituição, o que vai permitir a limpeza. Desde o início da pandemia em Londrina, 25 funcionários do Evangélico precisaram ser afastados com suspeita de Covid-19 e a maioria já retornou ao trabalho. Felizmente, desde a passagem do idoso pelo Pronto Atendimento, novos afastamentos não foram necessários.  


Santa Casa



Outro hospital que enfrenta problemas com a infecção do coronavírus é a Santa Casa de Londrina. Na semana passada, a instituição sofreu um surto, o que culminou no afastamento de 95 funcionários. Desse número, 15 testaram positivo para a Covid. A Iscal (Irmandade Santa Casa) também abrange o Mater Dei, na avenida Bandeirantes, e o Hospital Infantil, na JK.  (Colaborou Rafael Machado)

Como você avalia o conteúdo que acabou ler?

Pouco satisfeito
Satisfeito
Muito satisfeito

Últimas notícias

Continue lendo