SAÚDE DA MULHER -

Ônibus leva exames e consultas para trabalhadoras em Cambé

Consultório móvel deve atender cerca 500 mulheres nas empresas da cidade até o fim do ano

Pedro Marconi - Grupo Folha
Pedro Marconi - Grupo Folha

Cambé - Por fora a impressão é de um micro-ônibus comum, mas é só chegar mais perto para a pessoa encontrar um consultório móvel e que tem promovido a saúde da mulher em Cambé (Região Metropolitana de Londrina). Desde o final de setembro, o veículo do programa #CambéMulher tem percorrido as empresas da cidade, numa parceria entre as secretarias municipais de Saúde e Desenvolvimento.  

 

Ônibus leva exames e consultas para trabalhadoras em Cambé
Pedro Marconi - Grupo FOLHA
 


A intenção é fortalecer a coleta de exames ginecológicos em comemoração ao Outubro Rosa, mês de conscientização e prevenção sobre o câncer de mama e do colo de útero. No ônibus atuam servidoras da equipe de enfermagem. As trabalhadoras vão no horário marcado, na própria empresa, e têm à disposição teste de DST (Doenças Sexualmente Transmissíveis), exame preventivo de colo de útero e da mama, encaminhamento para mamografia na clínica, consulta ginecológica e orientações gerais. Todo o processo dura cerca de 30 minutos. 


“Essa ação nasceu em conversas no Departamento de Atenção Básica, por causa da baixa procura por exames preventivos. Em razão da Covid-19, muitas deixaram de ir ao posto, além disso, havia muitas faltas”, destacaram Cleonice Rafalski Escobosa e Camila Ravagnani Rodrigues, coordenadora de Atenção Básica e coordenadora de Saúde da Mulher e da Criança de Cambé, respectivamente. 


Auxiliar de costura de uma empresa têxtil que fica no Parque Industrial José Garcia Gimenez, Eliana da Silva foi uma das contempladas pelo programa. Para ela, o consultório móvel foi uma oportunidade de estar com a saúde em dia. “É interessante por estar no local de trabalho. Muitas vezes, pela correria da vida, não dá para ficar indo no posto. É uma facilidade e incentivo outras mulheres a se consultarem. Saúde deve estar em primeiro lugar”, opinou. 

 

Eliana da Silva é uma das atendidas no consultório móvel, que foi até a empresa onde trabalha: "É uma facilidade e incentivo outras mulheres a se consultarem"
Eliana da Silva é uma das atendidas no consultório móvel, que foi até a empresa onde trabalha: "É uma facilidade e incentivo outras mulheres a se consultarem" | Pedro Marconi - Grupo FOLHA
 


Somente nesta empresa, diante da demanda de trabalhadoras, o ônibus deverá ser levado mais duas vezes. A meta é atender até o fim do ano 500 mulheres de diversas indústrias cambeenses. Até o momento já foram consultadas cerca de 200, de seis empresas. O serviço é ofertado toda segunda, quarta e sexta-feira. “Conseguimos agendar até 24 mulheres por dia e mais algumas por demanda espontânea. A maioria prefere agendar”, explicou Cleonice Escobosa. 


DIAGNÓSTICO PRECOCE

O Inca (Instituto Nacional do Câncer) estima mais de 66 mil diagnósticos de novos casos de câncer de mama no Brasil neste ano. Por isso, as profissionais destacam que a descoberta precoce é fundamental. “O câncer de mama é o que câncer que mais mata mulheres no País. O diagnóstico precoce evita complicações, a fatalidade e faz toda diferença”, alertou Camila Rodrigues. 


Durante este mês, as UBS (Unidades Básicas de Saúde) também estão intensificando os exames e palestras vêm sendo promovidas nas empresas. “A mulher faz muitas atividades ao mesmo tempo e às vezes falta tempo para ela. A mulher precisa estar bem para dar conta de tudo. Tem que olhar mais para ela e cuidar da saúde, procurar consulta, exames”, pontuaram. 


Receba nossas notícias direto no seu celular! Envie também suas fotos para a seção 'A cidade fala'. Adicione o WhatsApp da FOLHA por meio do número (43) 99869-0068 ou pelo link wa.me/message/6WMTNSJARGMLL1.

Como você avalia o conteúdo que acabou ler?

Pouco satisfeito
Satisfeito
Muito satisfeito
Assine e navegue sem anúncios [+]

Últimas notícias

Continue lendo