|
  • Bitcoin 105.001
  • Dólar 5,2201
  • Euro 5,4921
Londrina

Cidades

m de leitura Atualizado em 12/06/2022, 19:35

O colorido e a alegria das festas juninas estão de volta em Londrina

Neste fim de semana, paróquias de Londrina receberam um público animado e ansioso pelos festejos pós-pandemia

PUBLICAÇÃO
domingo, 12 de junho de 2022

Micaela Orikasa - Grupo Folha
AUTOR autor do artigo

Foto: Micaela Orikasa - Grupo Folha
menu flutuante

Traje típico, barracas de comida, brincadeiras e quadrilha. O mês de junho sempre é muito aguardado pelas famílias por causa das festas juninas. Só que neste ano os festejos tiveram um gostinho a mais, com um clima de muita expectativa. Após dois anos suspensas, por conta da pandemia do coronavírus, as tradicionais festas promovidas pelas igrejas estão de volta, ainda mais coloridas e animadas. Neste fim de semana em Londrina o público marcou presença, superando as expectativas dos organizadores.  

“Estávamos com saudades de vivenciar esse clima. Nossa última festa junina foi em 2019 e neste ano percebemos um novo ânimo, uma euforia. Todos se envolveram e estão participando”, comenta o casal Marinho Correa e Melissa Fernanda B. Faria. Eles frequentam a Paróquia Santo Antônio de Pádua, na zona oeste, onde mais de duas mil pessoas aproveitaram as celebrações em homenagem ao padroeiro Santo Antônio.

Paróquia Santo Antônio de Pádua: festejos continuam nesta segunda-feira, com celebração para benção dos pães e venda de bolos com medalhinhas Paróquia Santo Antônio de Pádua: festejos continuam nesta segunda-feira, com celebração para benção dos pães e venda de bolos com medalhinhas
Paróquia Santo Antônio de Pádua: festejos continuam nesta segunda-feira, com celebração para benção dos pães e venda de bolos com medalhinhas |  Foto: Micaela Orikasa - Grupo Folha
   

“É um momento de união, de festividade. As pessoas estavam sentindo falta porque essa comemoração é tradicional na nossa comunidade”, comentou o padre Antônio Carlos Golfetti. No salão comunitário foi realizado o tradicional bingo e as barracas de alimentos ocuparam os gramados da igreja. “Daremos continuidade aos festejos nesta segunda-feira (13), dia de Santo Antônio, a partir das 19h30, com uma celebração para a benção dos pães e a venda dos bolos com a medalhinha do nosso padroeiro”, disse.  

O padre lembrou que, apesar de carregar a fama de “santo casamenteiro”, Santo Antônio foi um grande milagreiro em vida e pregador do Evangelho. Ele também explicou que toda a renda arrecadada com o evento será revertida para a manutenção da igreja. “Queremos construir uma torre, onde as pessoas possam acender suas velas”, comentou.  

Junior Cesar de Carvalho, que sempre acompanhava os pais nas festas juninas da Igreja, aproveitou o fim de semana para levar a filha Elisa, de três anos. “Sempre gostei dessa festa. É tudo muito gostoso e também uma forma de evangelizar, de atrair as pessoas que não são da Igreja”, afirmou.  

Imagem ilustrativa da imagem O colorido e a alegria das festas juninas estão de volta em Londrina Imagem ilustrativa da imagem O colorido e a alegria das festas juninas estão de volta em Londrina
|  Foto: Micaela Orikasa - Grupo Folha
  

APOIO SOCIAL 

Na Paróquia Nossa Senhora Auxiliadora, também na zona oeste, a festa junina é uma das maiores de Londrina. Mais de 400 voluntários estiveram trabalhando na organização para receber cerca de 10 mil pessoas neste fim de semana. “Tivemos que ‘desenferrujar’ um pouco, depois de ter ficado os dois últimos anos sem festa. Tivemos que reunir o pessoal novamente e até relembrar os segredinhos das receitas”, brincou o coordenador da equipe de festa, Amarildo Tardem.  

A celebração é bastante conhecida pela variedade em comidas, como o "famoso" sanduíche de pernil, mas também pelas atrações como as brincadeiras típicas, decoração junina e quadrilha. Neste ano também houve a apresentação da orquestra de viola. Bruna Bueno, que mora em outra região da cidade, fez questão de levar os filhos João Pedro, 12, e Sofia, 6, na tarde de domingo.  “Eu só tenho boas lembranças das festas juninas. Me lembra a infância, das festas na minha escola onde ia toda a família, da quadrilha, das prendas. Senti muita falta desse clima e hoje é dia de festejar”, comentou.  

Bruna Bueno: “Eu só tenho boas lembranças das festas juninas. Me lembra a infância, das festas na minha escola onde ia toda a família, da quadrilha, das prendas" Bruna Bueno: “Eu só tenho boas lembranças das festas juninas. Me lembra a infância, das festas na minha escola onde ia toda a família, da quadrilha, das prendas"
Bruna Bueno: “Eu só tenho boas lembranças das festas juninas. Me lembra a infância, das festas na minha escola onde ia toda a família, da quadrilha, das prendas" |  Foto: Micaela Orikasa - Grupo Folha
 

O padre Vandemir Araújo explicou que o espaço da festa junina foi ampliado em mais de três mil metros quadrados para abrigar todos de maneira confortável e segura. “Começamos como uma festa somente da comunidade e hoje é uma das maiores da cidade. Sentimos o quanto as pessoas estavam ansiosas por este momento e, ao contrário dos anos anteriores, começamos a nos organizar quase em cima da hora, no mês de abril. Nossa preocupação era saber como estaria o cenário de pandemia e vimos que apesar dos números ainda preocupantes, as complicações pela doença caíram, nos permitindo ter esse encontro”, afirmou.  

Ainda de acordo com o pároco, o festejo também tem o objetivo de dar apoio às ações sociais da Igreja. Parte da renda arrecadada será destinada aos trabalhos de acolhimento e suporte aos refugiados da guerra da Ucrânia e dos imigrantes. “Temos na nossa região, uma comunidade de ucranianos, assim como os haitianos em Cambé. É um trabalho grandioso feito pela Pastoral do Migrante e as Cáritas”, destacou.  

A festa junina é uma das mais tradicionais da cultura popular brasileira e é também uma celebração religiosa em homenagem a Santo Antônio (13 de junho), São João Batista (24), e São Pedro e São Paulo (29). De acordo com a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), "os festejos populares juninos são expressão da obra divina realizada em figuras da tradição cristã. Santo Antônio é invocado especialmente nas dificuldades, enquanto São João é aquele que foi enviado para preparar os caminhos do Senhor. Já São Pedro é a rocha escolhida sobre a qual o Senhor edificou sua Igreja e São Paulo é evangelizador intrépido". 

***

Receba nossas notícias direto no seu celular! Envie também suas fotos para a seção 'A cidade fala'. Adicione o WhatsApp da FOLHA por meio do número (43) 99869-0068 ou pelo link wa.me/message/6WMTNSJARGMLL1.