De Curitiba
Um grupo de 70 pessoas, entre elas 24 nadadores, participa neste domingo de uma prova diferente no litoral do Estado. Além de nadar em dupla por cerca de 15 minutos, os participantes percorrerão a orla retirando todo o lixo que encontrarem pela frente. O projeto ‘‘Nadando e limpando o litoral paranaense’’, está sendo promovido pela Escola de Natação Amaral, de Curitiba.
Ao todo serão percorridos 54 quilômetros, cobrindo todos os pontos do litoral paranaense, de Pontal do Sul à Barra do Saí, quase na divisa com o litoral catarinense. O grupo será dividido em três equipes. O percurso total da maratona será dividido em três trechos de 18 quilômetros. A primeira equipe sai às 6 horas de Pontal do Sul e chega às 11 horas em Praia de Leste. A segunda, parte às 7 horas de Praia de Leste para o centro da Praia Brava de Caiobá. Já a terceira equipe larga às 7 horas de Barra do Saí e se direciona também para a Praia Brava.
‘‘Cada grupo tem oito integrantes, quatro entram na água, de dois em dois, e quatro acompanham a equipe a pé, dando suporte aos atletas, carregando líquidos e isotônicos e participando do multirão de limpeza das praias’’, diz um dos coordenadores do projeto, Sérgio Amaral. O grupo será acompanhado, acrescenta, pelos médicos Mário Macedo e Geraldo Schesser, que também participam das provas. Segundo ele, na chegada de todas as equipes, em Caiobá, será feito o balanço final do projeto, além de uma festa de confraternização para os participantes do evento. A idéia do projeto, argumenta, partiu dos próprios alunos da academia.
Para Amaral, o objetivo principal da maratona é demonstrar que o grupo não pode se limitar às dependências da escola, partindo para uma ação comunitária.