O operário Daniel dos Santos Vicente, 28 anos, morreu ontem, em Curitiba, em consequencia de um acidente de trabalho. Na segunda-feira ele foi atingido na cabeça por uma barra de ferro em uma obra no bairro Bigorrilho. A LM Construtora, responsável pela obra, está realizando a perícia e deverá entregar um relatório para a Delegacia Regional do Trabalho.
Em outro acidente, ocorrido na semana passada, a Construtora Tomasi, responsável pela construção de um prédio de 25 andares no bairro Água Verde, em Curitiba, deve apresentar a defesa até amanhã para a DRT. Doze operários se feriram na queda de um elevador do terceiro andar. Caso a empresa não entregue os documentos exigidos ela poderá ser multada em valores acima de R$ 11 mil. A obra continua embargada pela DRT.
A Promotoria de Defesa da Saúde do Trabalhador, em Curitiba, também entrou com um processo indenizatório contra os responsáveis pela obra para que os trabalhadores feridos possam receber indenizações caso seja comprovada a culpa da construtora.
Em uma perícia preliminar realizada pela DRT, foram constatadas diversas irregularidades na obra, entre elas a inadequação do elevador de materiais. A assessoria informou também que as instalações elétricas estavam improvisadas e que os operários esquentavam suas marmitas utilizando álcool em seus aquecedores.
Os responsáveis pelas obras da LM Cosntrutora e Tomasi Construtora foram procurados pela Folha, mas não foram localizados.