Paulo Ubiratan
De Londrina
Mais de 400 famílias do assentamento Campos Verdes, em Cambé (10 km de Londrina) estão sofrendo com a falta de água. O abastecimento na localidade é feito por duas torneiras e a água é distribuida por uma mangueira que passa pelas casas. ‘‘Somente de noite e de madrugada corre um filete de água, que não dá para lavar roupa, tomar banho e guardar água para beber. ‘‘Com muita economia aproveitamos esta água apenas para fazer comida’’, desabafou a moradora Eliane da Silva. Segundo os moradores, há mais de dois anos a comunidade está lutando junto à Sanepar para ter água.
‘‘Um dos nossos grande problemas é a água para beber, pois precisaríamos de reservatórios e não temos água suficiente para isso. Tentei guardar a água em galões, mas com o calor fica impossível de tomá-la’’, afirmou Erotildo Boa Ventura. Segundo ele, a maioria dos moradores vive em situação precária e não possue geladeira. As ruas não são asfaltadas e nesta época, em virtude da seca, o pó toma conta das casas, tornando o problema mais grave.
A assessoria de imprensa da Sanepar informou à Folha que estão sendo feitos estudos para resolver o problema. Mas somente hoje, segundo o setor, será anunciada alguma medida a respeito.