Um grupo de cerca de 100 pessoas, a maioria comerciantes e profissionais liberais de Barbosa Ferraz e Corumbataí do Sul (51 km a leste de Campo Mourão), realizou ontem um protesto contra o mau estado de conservação da PR-549, que liga as duas cidades. O trecho de 17 quilômetros está dominado por buracos.
‘‘Estamos reivindicando melhorias na estrada desde 97 e até agora o governo não tomou providências’’, reclamou o presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Barbosa Ferraz, Ivan Claudemir Simão. Os prefeitos de Barbosa Ferraz, Elza Marques Gonçalves (PFL), e de Corumbataí do Sul, Jair Cândido de Almeida (PFL), também participaram do ato.
Os manifestantes fecharam a rodovia e colocaram fogo numa pilha de pneus no meio da pista, mas não impediram que veículos passassem pelo local. Os participantes iniciaram ontem um abaixo-assinado para ser enviado à Secretaria de Estado dos Transportes.