CAMPANHA DE VACINAÇÃO -

Londrina libera cadastro para adolescentes sem comorbidades

Prefeitura também abriu o agendamento para pessoas de 12 a 17 anos que têm doença preexistente

Pedro Marconi - Grupo Folha
Pedro Marconi - Grupo Folha

 

Londrina libera cadastro para adolescentes sem comorbidades
Vivian Honorato/N.com
 


A Prefeitura de Londrina liberou, na manhã desta quarta-feira (22), o cadastramento para a vacinação contra a Covid-19 dos adolescentes de 12 a 17 anos que não têm comorbidades. O registro precisa ser feito no site da prefeitura (londrina.pr.gov.br). O município não tem uma estimativa do número de londrinenses nessa faixa etária. Já a vacinação deste público ainda não tem uma data para começar.  


Na semana passada, o Ministério da Saúde se manifestou pela suspensão da imunização de adolescentes sem comorbidades. O anúncio pegou muita gente de surpresa e desde então vem sendo criticado por estados, municípios e comunidade científica. A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) se posicionou pela manutenção da vacinação dos brasileiros de 12 a 17 anos. 

 

Na terça-feira (21), o ministro Ricardo Lewandowski, do STF (Supremo Tribunal Federal), sinalizou que os estados e municípios têm autonomia para decidir sobre a aplicação de vacinas nos adolescentes, desde que respeitem as indicações dos fabricantes e da Anvisa. Quem distribui as vacinas para os estados é o Ministério da Saúde, que na noite de quarta recuou e voltou a recomendar a vacinação de adolescentes sem comorbidades.


A projeção da Prefeitura de Londrina é que a partir de semana que vem seja possível o avanço da vacinação entre os mais jovens. “A expectativa é que na próxima semana possamos iniciar a vacinação deles, começando, gradativamente, com os adolescentes de 17 anos sem comorbidades. Tudo vai depender dos próximos envios de vacina e próxima análise e remessa que o Governo do Estado deve fazer aos municípios”, ponderou Felippe Machado, secretário municipal de Saúde. 


LEIA TAMBÉM:

- Paraná começará a vacinar adolescentes sem comorbidades no dia 28


ADOLESCENTES COM COMORBIDADES

Londrina abriu, também nesta quarta-feira, o agendamento para os adolescentes de 12 a 17 anos com doenças preexistentes. De acordo com a secretaria municipal de Saúde, desde que o cadastramento foi liberado para este público, a pasta contabilizou 993 inscrições, entretanto, apenas 207 foram validadas  e o jovem pode escolher o dia e horário para receber o imunizante. “São adolescentes que apresentaram os documentos corretamente ou tem prontuário no posto de saúde”, destacou. 


Os adolescentes com comorbidades que não tiveram o agendamento avalizado precisam levar os documentos que compravam a doença nas sedes das secretarias municipais de Saúde e de Educação, além da escola municipal Moacyr Teixeira (região norte) e Supercreche (centro). 


TERCEIRA DOSE

Quase seis mil pessoas deverão receber a terceira dose contra a Covid até a próxima terça-feira (28). Foram autorizadas a agendar a vacina quase seis mil pessoas, entre mais de 70 anos e imunossuprimidos. No caso dos idosos, são moradores que completaram o esquema vacinal até 25 de março, ou seja, que vão fazer seis meses de imunização com as duas doses até sábado (25). Já aqueles com sistema imunológico debilitado precisam ter tomado as duas doses há, pelo menos, 28 dias. 


A dose de reforço será aplicada exclusivamente no Centro de Imunização da Zona Norte. No sábado, as equipes da Saúde irão vacinar os idosos que vivem em instituições de longa permanência. Os servidores também vão aplicar nos próximos dias a dose de reforço na casa dos idosos acamados, sem necessidade de agendamento. 


A vacinação com terceira dose e para adolescentes com comorbidades será feita com a remessa que chegou esta semana e com doses de reserva técnica. Todas da Pfizer. O Ministério da Saúde recomenda que a dose de reforço seja preferencialmente com Pfizer. No Brasil, apenas este imunizante está liberado para ser utilizado nos adolescentes. 


Pessoas que vão completar seis meses da imunização com as duas doses a partir de domingo (26) terão que esperar a chegada de novos lotes. “O novo lote de vacina deve estar programado para a próxima semana, para dar continuidade nessa vacinação”, afirmou Machado. 


Atualizada às 8h41 de 23/09/2021


Receba nossas notícias direto no seu celular! Envie também suas fotos para a seção 'A cidade fala'. Adicione o WhatsApp da FOLHA por meio do número (43) 99869-0068 ou pelo link wa.me/message/6WMTNSJARGMLL1

Como você avalia o conteúdo que acabou ler?

Pouco satisfeito
Satisfeito
Muito satisfeito
Assine e navegue sem anúncios [+]

Últimas notícias

Continue lendo