O Linux é um sistema operacional que está ameaçando o domínio mercadológico do Windows, produzido pela gigante Microsoft. Ele começou a ser desenvolvido em 91, pelo então estudante finlandês de Ciência da Computação Linus Torvalds e, hoje, tem aproximadamente 30 milhões de usuários em todo mundo. Depois de conquistar os meios acadêmicos, o Linux passou a ser incorporado pelas grandes corporações e governos a partir de 93.
Outrora considerado ‘‘difícil’’ de operacionalizar por leigos, o Linux vem ganhando rapidamente novas interfaces gráficas para se aproximar cada vez mais do usuário doméstico. Outra vantagem apontada pela ‘‘comunidade’’ que utiliza o sistema é o baixo custo para a instalação em uma rede de informática, por exemplo. Ao contrário do Windons, onde cada programa só pode ser licenciado para um único computador, este software é de livre distribuição. A liberdade de uso e de instalação é considerada um dos ‘‘pilares da filosofia Linux’’.
A previsão da Internacional Data Corporation (IDC) é de que até 2003 as instalações do Linux cresçam em torno de 25% ao ano.