CORONAVÍRUS -

Ibiporã flexibiliza e libera eventos, atividades religiosas e esportivas


Reportagem local
Reportagem local

Ibiporã flexibiliza e libera eventos, atividades religiosas e esportivas
Divulgação
 

Ibiporã -  A Prefeitura de Ibiporã (Região Metropolitana de Londrina publicou decreto autorizando a realização de eventos sociais, corporativos e similares com limite de 50 pessoas, além de liberar o retorno de atividades religiosas, culturais e esportivas. 

 

Ibiporã flexibiliza e libera eventos, atividades religiosas e esportivas
Divulgação
 



O decreto, datado de 8 de outubro,  foi publicado no dia 16 e  prevê uma exceção com relação a eventos: eles podem ter até 150 pessoas, respeitando o limite de 50% da capacidade total do local. A realização do evento fica condicionada à prévia autorização expedida pela Autarquia Municipal de Saúde, a qual deve ser solicitada com, no mínimo, 10 dias de antecedência da data em que se pretende realizar o respectivo evento.



 

LIMITE DE HORÁRIO

Segundo o decreto, nos eventos é proibida a presença de crianças, idosos, portadores de doenças crônicas (diabetes insulinodependentes, cardiopatia crônica, doenças respiratórias crônicas graves, imunodepressão, etc.) e gestantes de risco. E estabelece que a duração deve ser de no máximo quatro horas. 


ATIVIDADES RELIGIOSAS

 O decreto também autoriza o retorno das atividades religiosas, missas e cultos, das 6 às 22h, desde que observadas algumas restrições, além de todas as medidas sanitárias preconizadas aos demais estabelecimentos, tais como proibição de realizar atos que gerem contato físico entre as pessoas; promover a higienização completa do local, antes e depois de cada utilização e manter distanciamento mínimo de dois metros entre cada pessoa.

 

 ATIVIDADES ESPORTIVAS E CULTURAIS

Também fica autorizado o retorno das atividades das academias, Bibliotecas, centros de ginástica e academia em condomínios, de aulas de balé, dança, música, atividades de exercícios aeróbicos em espaços abertos, de natação e similares, desde que observados obrigatoriamente requisitos e determinações, tais como tomada individual de temperatura, uso de máscaras por todos os frequentadores do estabelecimento; vetar o compartilhamento de aparelhos, instrumentos, pesos etc., sem prévia e rigorosa higienização; destinação de horário específico para atividades de idosos; proibição do comparecimento ou atividades por crianças (até 12 anos). (Com informações da prefeitura municipal)

 





Como você avalia o conteúdo que acabou ler?

Pouco satisfeito
Satisfeito
Muito satisfeito

Tudo sobre:

Últimas notícias

Continue lendo