Homem rouba carro em test-drive Mário CesarLázaro Ribeiro, acusado de ajudar na fuga de um detento da PEL Mauricio Della Barba De Londrina A Igapó Veículos, concessionária de automóveis de Londrina, foi vítima de um roubo inédito na região. Um homem fingiu-se de cliente e conseguiu roubar uma picape ao realizar um ‘‘test-drive’’. O fato ocorreu logo no início da manhã de ontem, e no mesmo dia, no final da tarde, o acusado acabou sendo preso em Borrazópolis (84 km ao sul de Apucarana). O falso cliente foi identificado como Cássio Rossato, de 22 anos, traficante com várias passagens pela polícia. Rossato identificou-se como Rogério e chegou à revenda dizendo estar interessado na compra de uma pick-up S-10 a diesel seminova. A vendedora, Fernanda Franco Hisasi, acreditando ser um cliente, informou que tinha um modelo à disposição na filial da loja, localizada no centro da cidade. Na filial, Rossato pediu para fazer um teste com o veículo antes de efetuar a compra. A vendedora acompanhou Rossato, que levou o veículo para Patrimônio Regina (zona sul). Fernanda Hisasi disse que foi ameaçada de estupro, mas acabou convencendo o bandido a libertá-la em uma estrada de terra. Rossato seguiu para Apucarana e foi visto com atitudes suspeitas no município de Novo Itacolomy. A Polícia fez um cerco no trevo de Borrazópolis e conseguiu prendê-lo. O acusado estava desarmado e não reagiu à prisão. A polícia acredita que Rossato iria vender ou trocar o carro por drogas no Paraguai. O assaltante Lázaro Ribeiro, de 35 anos, foi preso ontem à tarde, na região dos Cinco Conjuntos (zona norte), por agentes da Polícia Civil. Ele é um dos três homens que ajudaram na fuga do detento da Prisão Provisória de Londrina (PPL), Wagner Roberto Assalin, 21 anos, no começo da semana, no Hospital da Zona Sul. Ribeiro era fugitivo do 4º Distrito e da Colônia Penal Agrícola de Curitiba.