Exame que pode confirmar morte de adolescente por dengue hemorrágica sai na semana que vem


Rafael Machado - Grupo Folha
Rafael Machado - Grupo Folha

A Secretaria de Saúde de Rolândia espera receber até o começo da semana que vem o resultado do exame que pode confirmar ou não se um adolescente de 16 anos morreu por causa da dengue hemorrágica. Ele foi enterrado nesta quarta-feira (22) no cemitério municipal da cidade. A análise está sendo feita pelo Lacen (Laboratório Central do Paraná), órgão vinculado à Sesa (Secretaria Estadual de Saúde), e geralmente é despachada em cinco dias. 


Exame que pode confirmar morte de adolescente por dengue hemorrágica sai na semana que vem
Reprodução/Prefeitura de Rolândia
 



Segundo informações da assessoria de imprensa da Prefeitura de Rolândia, o município pediu que o teste saia o mais rápido possível. De acordo com a pasta da Saúde, "o caso não é tratado nesse momento como dengue hemorrágica ou suspeita porque é preciso aguardar a conclusão do exame". 




Entre 1º de agosto de 2019 e 22 de janeiro deste ano, período da última janela epidemiológica, a cidade já confirmou 19 casos de dengue e 264 notificações. O novo Lira (Levantamento Rápido do Índice de Infestação) deve sair até a próxima sexta-feira (24). Conforme a assessoria, a região do jardim Santiago, onde o menor morava, está recebendo um trabalho de intensificação no combate ao mosquito transmissor. 


Ainda de acordo com a secretaria, desde o fim de setembro o governo federal não envia o inseticida que ajuda a frear a proliferação. A previsão é que o material chegue somente em fevereiro. 

Como você avalia o conteúdo que acabou ler?

Pouco satisfeito
Satisfeito
Muito satisfeito

Continue lendo


Últimas notícias